"Agentes de Segurança Socioeducativo ajudem ao SINDSISEMG a melhorar as condições do Sistema Socioeducativo, filiem-se, acessem e participem dessa conquista.

sexta-feira, agosto 31, 2012

Enquanto isto.....

 
Afinal de contas, quando eu marchar para o Governador neste 07 de Setembro quantas folgas ganharei?
Fiquei sabendo que no CEIPÃO os Agentes irão ganhar estas folgas, eu também quero. E agora SUASE?

3.410 vagas para Agentes Penitenciários


A Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) abriu concurso público com 3.410 vagas para o cargo de Agente de Segurança Penitenciário. O edital foi publicado nesta sexta-feira (31.08) no Diário Oficial do Estado. As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet, no endereço eletrônico do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), www.ibfc.org.br , no período de 1 a 30 de outubro de 2012. O valor da inscrição é R$ 50,00.
 
Nota dos admistradores do blog:
Você que irá participar deste concurso, assim que for aprovado e tomar posse como Agente efetivo, não tenha medo de lutar por seus direitos e não fique de braços cruzados, todos os efetivos tem a OBRIGAÇÃO de trabalhar para valorizar a categoria. Use sua estabilidade e não seja um mais um "barriga branca" do sistema, lute.

 

quinta-feira, agosto 30, 2012

Julgado adolescente que envenenou colegas de trabalho

Adolescentes são apreendidos com quase 1kg de maconha após sofrerem acidente em Guaxupé

Motocicleta sem placa usada pela dupla foi apreendida.
TABATA MARTINS



Um patrulhamento de rotina terminou na apreensão de dois adolescentes, de 16 e 17 anos, e de grande quantidade de maconha nessa terça-feira (28) em Guaxupé, no Sul de Minas Gerais. De acordo com a Polícia Militar, a dupla foi detida no bairro Jardim Hosana.
Ao notar a presença da polícia, os garotos, que estavam em uma motocicleta sem placa, fugiram em alta velocidade. Durante a frustrada tentativa de fuga, o piloto de 16 anos jogou uma sacola ao chão e perdeu o controle da direção. Em seguida, a motocicleta tombou e os dois garotos caíram. Os suspeitos sofreram escoriações pelo corpo, mas não correm risco de morte.
Após buscas no trajeto da fuga, os militares descobriram que o adolescente mais novo tinha desfeito de quase um quilo de maconha.
Conforme a PM, a motocicleta usada pela dupla não possui queixa de furto ou roubo, apesar de estar sem placa. O veículo é de São Paulo.
Acompanhados de um conselheiro tutelar, os garotos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil da cidade.
FOTO: DIVULGAÇÃO/POLÍCIAMILITAR/Droga apreendida com os garotos
 

Fonte: http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=360160&busca=adolescentes&pagina=1

quarta-feira, agosto 29, 2012

Soldadinhos de chumbo



Quando uma pessoa não sabe para onde ir qualquer lugar serve. Os Agentes de Segurança Socioeducativo precisam saber o que eles (nós) querem para a categoria pois, por não saber disto, ao receber qualquer "coisinha" do Governo, acha que ganhou o mundo.
 
Nós Agentes temos que parar de ser bobos e não aceitar estas migalhas dadas pelo Estado a nós servidores da area de segurança. Temos que olhar tudo o que acontece no sistema com um senso critico, para não sermos  massa de manobra.
 
Ainda hoje, em varias Unidades há Diretores de Segurança, de Atendimento e Geral que sem o menor pudor, tira folgas de Agentes por usando os  mais variados motivos sem base legal. Até usam  folgas para PAGAR serviços feitos por Agentes à Unidade. Em fim os diretores fazem o que querem.
 
Logicamente há Unidades que por haver uma grande mobilização dos Agentes, os diretores tem que falar baixo com os servidores. Nestas Unidades, como o clima esta um pouco melhor que em outras Unidades, alguns colegas acham que todo o sistema esta  bem e quando nós, do Blog dos Agentes, levantamos a voz, dizem que estamos tendo mania de perseguição ou inveja.
 
Não colegas, nós estamos olhando não é somente para uma Unidade especifica onde as coisas estão mais ou menos bem, olhamos é para nossa carreira como Servidores do Estado e olhamos para a categoria que hoje soma mais de 4 mil Agentes.
 
Vamos parar de sermos massa de manobra e analizarmos tudo que é feito de cima para baixo dentro da SEDS, eles não fazem nada sem ter algum ganho politico.
 
Agora estamos proximos a votoção para vereadores e prefeitos e o governo irá lançar mão de todo  poder para perpetuar mandando. Agora a nova manobra é usar os Agentes socioeducativos como soldadinhos de chumbo, dizendo que dará folgas para eles disfilarem para o governo no dia 07 de setembro.
 
Colegas não sejam bobos e parem de olhar somente para seus umbigos, tenham visão maior e mais sublime, vamos nos unir não para vestir um uniformezinho novo e levantar uma bandeirinha de papel cantando VIVA O GOVERNADOR. Seja homem.  
 
Ainda falta respeito por parte da SEDS a nossos direitos já estabelecidos em lei como nossos adicionais, isto eles não falam. Querem a nossa participação neste evento politico então que tal fazer uma surpresa anunciando que no próximo contracheque virá todo o nosso adicional de local de trabalho, hora-extra, adicional escolaridade, adicional noturno e outros que consta na legislação mineira.
 
Admistradores do Blog dos Agentes.

O que é ser Ser Massa de Manobra?


“Massa de manobra": conceito de violência simbólica, segundo o qual a sociedade é conduzida por uma ideologia dominante, anulando-se enquanto ser histórico e protagonista". Este conceito é atribuido à Pierre Bourdieu, sociólogo francês.
Portanto: Não seja massa de manobra! Não menospreze teu direito de pensar!

Fonte: http://naosejamassademanobra.blogspot.com.br/2012/04/ser-massa-de-manobra-e.html


Nota dos Administradores do blog: Afinal de contas os Agentes que serão usados para desfiliar diante do Governador, receberão as 4 (quatro) folgas extras?? Ou serão usados somente para fazer volume e dar uma ideia que os Agentes apoiam todas as ações do governo??
Agentes, não sejam massa de manobra, perguntem ao diretor de sua Unidade qual o real motivo desta convocação para desfile.

Adolescente é detido por tráfico

Uma “fabriqueta’ de entorpecente foi desmontada no bairro do Pina, em Santo Antônio do Tauá, na região nordeste do Estado, depois que policiais militares prenderam Walber Barbosa da Rocha e apreenderam um adolescente no momento que eles estariam confeccionando a droga.
A missão foi designada pelo capitão Alfeu aos cabos Jonilson, Garça e soldado Favacho, que receberam uma informação preciosa do investigador Miguel Jorge, afirmando que no final da rua Major Cornélio pessoas estavam trabalhando na fabrica de tráfico de drogas, recomendando inclusive cautela no local.
Com as informações nas mãos, a guarnição foi até o local do fato fazendo um cerco e encontrando no interior da residência Walber Barbosa da Rocha, que estava juntamente com um adolescente de 16 anos embolando a droga que seria vendida no bairro.
“Quando o menor percebeu a entrada da Polícia Militar tentou se desfazer de uma certa quantidade de drogas, jogando no vaso sanitário, tendo o soldado Favacho evitado tal ação. Ao pegar o material constatou que haviam 51 petecas de pasta de cocaína”, relatou o cabo Jonilson.
Levado para a Delegacia de Polícia Civil de Santo Antônio do Tauá, o marceneiro Walber Barbosa da Rocha, de 26 anos, confessou a prática delituosa fazendo constar em seu depoimento que trabalhava como vendedor de entorpecente, mais precisamente peteca de pasta base de cocaína. Disse também que atuava na área há cerca de um mês, e atualmente estava morando na residência de sua mãe.
Ele disse também que há cerca de um mês convidou o adolescente para morar na casa de sua mãe, e logo depois ambos passaram a trabalhar no mundo do tráfico. O crime seria praticado em via publica próximo a sua residência. Por dia, ele disse vender em torno de 39 petecas de pasta base de cocaína, sendo vendida pelo valor de R$ 10,00, apurando R$ 390,00 em média. Em outros dias chegava vender mais.
Parecendo estar em um confessionário, Walber Barbosa soltou o verbo dizendo que trazia a droga do bairro da Terra Firme em Belém, sendo o vendedor uma pessoa desconhecida. “Uma quantidade de 125 gramas de pasta base de cocaína dá para fazer aproximadamente 50 petecas”, confessou Walber.
Ele revelou que tinha acabado de chegar com o produto e estava trabalhando na embalagem quando a PM chegou e, mesmo o menor tentando se desfazer, não deu tempo e a “casa tinha caído”. Walber alem de vender disse ser também usuário e que já esteve preso por tráfico em Marituba.
Diante dos fatos, o marceneiro acabou mais uma vez autuado por tráfico de drogas enquanto o menor vai responder pelo mesmo crime, mas dentro do Estatuto da Criança e do Adolescente.
(Diário do Pará)
 

terça-feira, agosto 28, 2012

Adolescente é baleado na perna na porta de casa

Homem é preso e adolescentes são apreendidos por porte de arma de fogo

Caso aconteceu no bairro Santo Afonso na tarde de quinta-feira
 

Da Redação

Novo Hamburgo - Um homem de 32 anos e três adolescentes foram apreendidos por porte ilegal de arma de fogo. Segundo a Brigada Militar, o caso aconteceu no bairro Santo Afonso, na tarde de quinta-feira (23).
A patrulha realizava operação no bairro e, durante a abordagem, encontrou o adulto e um dos jovens portando revólver calibre 38 e outro um de calibre 32.
O homem possui antecedentes criminais por roubo a motorista, receptação e participação em quadrilha. Todos foram encaminhados à Delegacia de Plantão e Pronto Atendimento de Novo Hamburgo (DPPA).
 

Adolescente com sinais de embriaguez atropela e mata mulher em Passos

FELIPE REZENDE
Um adolescente de 17 anos foi apreendido na noite desse domingo (26) suspeito de atropelar uma mulher, 55, em Passos, no Sul de Minas. De acordo com a Polícia Militar, a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu ao dar entrada na Santa Casa da cidade.
O jovem, que conduzia um Kadet, atropelou a mulher enquanto ela atravessava uma rua do bairro Santa Luzia. Ele fugiu sem prestar socorro.
O carro foi encontrado na garagem da casa do adolescente, que também foi detido na residência. Segundo a polícia, ele apresentava sinais de embriaguez, se recusou a fazer teste com bafômetro e foi encaminhado à Delegacia de Polícia.
Fonte: http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=359938&busca=adolescente&pagina=1

Transferência de adolescentes da Funac será investigada

Ministério Público vai investigar se transferência está irregular.
Nove adolescentes foram levados para a unidade do Alto da Esperança.
 
O Ministerio Público vai investigar a transferência de nove adolescentes da Funac para a unidade do Alto da Esperança. Segundo a Promotoria de Justiça, a transferência está irregular porque a unidade da área Itaqui-Bacanga ainda não foi avaliada pelo Conselho Estadual da Criança e do Adolescente.

A unidade do Alto da Esperança passou por uma vistoria no mês passado. O prédio tem capacidade para abrigar até doze internos, em alojamentos duplos. O prédio, construído há anos, nunca havia sido utilizado por causa da resistência dos moradores na área.

Em maio, o Ministério Público pediu a interdição da Funac da Maiobinha, depois de verificar a situação precária da unidade. Mais de 50 adolescentes já fugiram de lá este ano. O local continua funcionando, mas, depois da transferência feita esta semana, deve passar por reformas.

Em nota, o governo do Estado disse que a transferência dos adolescentes se deu de forma emergencial. Segundo a Funac, os menores estariam sofrendo ameaças de morte por outros internos na unidade da Maiobinha. Ainda de acordo com a nota, todos os meninos que foram transferidos estão em progressão de medida socioeducativa e cometeram infrações consideradas leves.

Fonte: http://g1.globo.com/ma/maranhao/noticia/2012/08/transferencia-de-adolescentes-da-funac-sera-investigada.html

segunda-feira, agosto 27, 2012

Adolescente é apreendido com drogas dentro de um estojo escolar

Adolescente é baleado ao tentar assaltar carro-forte em Salvador

Garoto de 16 anos foi atingido por tiro nas costas na manhã deste sábado.
Outros suspeitos fugiram. Crime ocorreu na Estação Pirajá, na capital.
 
Um adolescente de 16 anos foi baleado no momento em que tentava assalto a um carro-forte, junto a outras cinco pessoas, na manhã deste sábado (25), em Salvador, informa o posto policial do Hospital do Subúrbio, para onde ele foi socorrido. O crime foi realizado na Estação Pirajá, por volta das 9h30. A polícia afirma que um equipamento eletrônico da Caixa Econômica seria abastecido com dinheiro quando os seguranças do carro-forte foram abordados.
Os outros suspeitos fugiram a bordo de motos, segundo registro do posto policial. A vítima do tiro foi levada à unidade de saúde por uma viatura da polícia. O jovem passou por cirurgia para retirada da bala, que atingiu a região do ombro. Segundo a polícia, ele deve receber alta durante a tarde deste sábado e será encaminhado à Delegacia do Adolescente Infrator (DAI).

Fonte: http://g1.globo.com/bahia/noticia/2012/08/adolescente-e-baleado-ao-tentar-assaltar-carro-forte-em-salvador.html

Polícia apreende menor com 10 quilos de maconha

ANDERSON ROCHA
Um adolescente de 17 anos foi apreendido no fim da tarde deste sábado (25), no bairro Cruzeiro, na Região Centro-Sul da capital, por envolvimento com o tráfico de drogas. De acordo com informações da Polícia Militar, dentro da casa da família, havia 10 quilos de maconha escondidos.
Após uma denúncia anônima, os militares do 22º BPM foram até a casa do menor, que vive com a avó. Lá, encontraram a droga, no quarto do jovem. Segundo informações do Sargento Vitor, a avó ficou surpresa com o fato, pois não tinha conhecimento da participação do neto com o tráfico. O adolescente não estava na casa e foi encontrado após uma incursão da PM pelo aglomerado.
Ainda de acordo com o sargento, na segunda-feira (20) uma outra denúncia anônima levou à prisão de um comparsa do adolescente, que estava com um quilo de cocaína. Na época, o nome do jovem havia sido citado.
O rapaz foi encaminhado para a Delegacia de Menores e será encaminhado para juízo.

Fonte: http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=359844&busca=adolescente&pagina=1

Agentes penitenciários desfilam no 07 de setembro em 2011

Cento e vinte e sete agentes de segurança prisional de unidades de Belo Horizonte e Região Metropolitana participaram do desfile na Av. Afonso Pena em comemoração ao Dia da Independência, nesta segunda-feira (07/09). Este foi o segundo ano em que eles participaram do evento. E a adesão, além de maior, foi eclética.
“Em 2008 foram apenas 30 agentes, todos do Grupo de Intervenção Tática (Gite) do Complexo Penitenciário Nelson Hungria (CPNH) e Comando de Operações Especiais (Cope). Neste, incluímos mulheres e agentes convencionais”, ressaltou o coordenador do Gite do CPNH, João Batista de Carvalho, que ainda anunciou mudanças para 2010. “Esta foi a última vez que desfilamos com o uniforme preto (cor oficial do Gite). No próximo, usaremos o digital urbano (uma estampa camuflada), igual ao do exército americano”, afirmou.

Os agentes passaram pelo palanque oficial por volta das 9h30, logo após os oficiais do Corpo de Bombeiros. Desfilaram cinquenta agentes convencionais do Gite do CPNH e Centro de Remanejamento de Segurança Prisional (Ceresp) São Cristóvão e representantes dos Gite do Ceresp Belo Horizonte, Presídio de São Joaquim de Bicas I, Presídio de São Joaquim de Bicas II, CPNH e agentes do Cope que dirigiram nove viaturas Blazer. Também passaram pela avenida outros dois veículos do sistema prisional e um ônibus do Grupamento Tático de Escoltas (GTE) utilizado para transporte de presos.
(Contunua)
Fonte: SEDS
 
Nota dos Administradores do blog: Enquanto a SUAPI terá o que mostrar no desfile( seus equipamentos de trabalho) e assim garantir sua segurança, os Agentes de Segurança Socioeducativo que irão desfilar para o Governador, mostrará  para todos que enfrenta os acautelados simplesmente com o uniforme verde.
Já que querem que nós Agentes, Servidores público, desfilem então que tenhamos dos os recursos necessarios para um bom trabalho. Há unidades onde o diretor(a) de segurança PROIBE que os Agentes usem algemas, pode isto? 

domingo, agosto 26, 2012

Adolescente esconde drogas dentro de estojo escolar

Dupla tenta desmanchar carro roubado de capitão da PM e é detida no bairro Califórnia

TABATA MARTINS
 
Um homem, de 18 anos, e um adolescente, de 15, foram detidos na manhã desta sexta-feira (24) após serem flagrados tentando desmanchar o carro de um capitão do Grupo Especializado em Radiopatrulhamento (GER) da Polícia Militar. O flagrante ocorreu na BR-040, na altura do bairro Califórnia, na região Noroeste de Belo Horizonte. A dupla foi vista trocando as rodas do carro, após a polícia receber muitas denúncias sobre direção perigosa na região em relação à placa do veículo.
O Chevrolet Captiva do policial foi roubado de uma mulher nessa quinta-feira (23) no bairro Carlos Prates. “Inicialmente, a informação que recebemos é que a vítima é esposa do capitão”, diz a soldado Suellen Vaz da 8ª Companhia do 34º Batalhão.
Segundo informações de testemunhas, mais três pessoas foram vistas dentro do Chevrolet Captiva durante a madrugada. O trio ainda não foi identificado ou preso.
A dupla, em que o jovem de 18 anos foi preso na semana passada com um Fiat Siena roubado também no bairro Califórnia, foi encaminhada ao Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Autor de Ato Infracional (CIA/BH).
Fonte: http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=359706&busca=adolescente&pagina=1

Desfile de 7 de Setembro


Alerta !
 
Agentes de Segurança Socioeducativo serão usados como massa de manobra no dia 07 de Setembro no desfile Militar que haverá em Belo Horizonte.
Os Diretores da Unidades atendendo as ordens da SUASE estão convocando os servidores para "marchar" na Avenida diante do Governador do Estado.
Para que os Agentes vá desfilar, alguns diretores falaram que cada Agente terá 4 (quatro) fogas como prêmio.
Será que mais uma vez os Agente será usados como massa de manobra durante esta periodo eleitoral? Os diretores tem direito de dar estas folgas para uns afim que estes desfilem  para o politico maior do Estado?
Agentes, não sejam massa de manobra nas mãos de diretores que só pensa no seu bem proprio.
Nós Agentes de Segurança Socioeducativo precisamos usar a força que temos força que o Governo nos dê o que é nosso.

sábado, agosto 25, 2012

Adolescente esfaqueia mulher para roubar relógio

Servidores estaduais da Saúde denunciam assédio moral

A audiência pública da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais realizada na tarde desta quinta-feira (23/8/12) foi marcada pela grande presença de profissionais da saúde, que lotaram o auditório da Casa munidos de contra-cheques, cartazes, narizes de palhaço e gritando palavras de ordem.
A reunião teve foco nas necessidades daqueles que trabalham no Sistema Público de Saúde e no assédio moral sofrido pelos profissionais que aderiram à greve realizada em junho deste ano. De acordo com a diretora do Sindicato Único dos Trabalhadores da Saúde de Minas Gerais (Sind-Saúde), Neuza Freitas, não há sequer vale-transporte para os servidores da Fundação Hospitar do Estado de Minas Gerais (Fhemig). "Os enfermeiros são responsáveis por muitos pacientes, muito mais do que o Conselho Regional de Enfermagem recomenda. Lutamos por uma redução de carga horária sem redução do salário. Queremos melhorias nas nossas condições de trabalho. Por isso, fizemos a greve. E o que recebemos em troca do Governo? A Tropa de Choque na porta do João XXIII. Companheiros agredidos dentro do hospital. Demissões de contratados por telefone, sem aviso prévio, algo claramente contra a lei. Corte do ponto dos grevistas. E a possibilidade de isso prejudicar nossa avaliação de desempenho”, disse. Ela afirmou também que o fato de o governo ter repassado o reajuste de salários apenas aos médicos foi o que provocou a greve.
A presidente da Central Única dos Trabalhadores de Minas Gerais, Beatriz Cerqueira, ressaltou que todas as afirmações feitas pelos profissionais estão devidamente documentadas, comprovadas também por meio fotos e contracheques. “O governo trata mal o servidor público. Ele agenda reuniões para falar que tem diálogo, mas na verdade as negociações não trazem resultados efetivos. Temos uma prática antissindical no Estado. Minas Gerais é o ente federado que mais persegue seus trabalhadores. Não há respeito à Constituição, porque a greve é um direito legítimo”. Beatriz lamentou, ainda, a ausência da secretária de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), Renata Vilhena, e do presidente da Fhemig, Antônio Carlos de Barros Martins, no que ela chamou de “estratégia do governo”. “Retiram o primeiro escalão das negociações, para evitar desgaste. Mandam representantes que são restritos pelos cargos e que não poderão, efetivamente, fazer nada”.
Segundo o diretor do Sind-Saúde Renato Almeida de Barros, houve acordo do Governo apenas com a Fundação Ezequiel Dias, Fhemig e Hemominas, não tendo sido discutida ainda a situação da Secretaria Estadual de Saúde (SES) e da Escola de Saúde Pública. "Pedimos uma reunião para isso e ainda não fomos atendidos. Mas precisamos, acima de tudo, da reposição dos salários cortados e da suspensão das ameaças sofridas pelos grevistas. Sem isso, provavelmente iremos à greve novamente!”, alertou. Outro diretor do Sind-Saúde, Reginaldo Tomaz de Jesus, também manifestou insatisfação com o fato de as negociações com o governo não serem colocadas em prática. O Técnico de Gestão de Saúde da Secretaria de Estado de Saúde, Victor Pereira, ressaltou o fato de que as equipes nos postos de saúde e hospitais são multidisciplinares, englobando enfermeiros, técnicos e auxiliares. “É injusto apenas os médicos terem reajuste. É muita desigualdade. E o paciente depende de todos. Como pode termos nossos direitos trabalhistas negados? Carregamos o SUS nas costas! Não há macas, não há cadeiras. E as fundações é que são beneficiadas”, desabafou.
Governo promete apurar denúncias
A Diretora Central de Carreiras e Remuneração Luciana Meireles Ribeiro, que representou a secretária Renata Vilhena, anunciou projeto de lei de autoria do Governo de Minas que colocará o valor de R$ 660 como base de cálculo para a taxa de insalubridade dos servidores estaduais da saúde. Segundo ela, o projeto deverá ser enviado à ALMG em breve e o governo está providenciando o estabelecimento de um adicional noturno aos trabalhadores.
Luciana assumiu o compromisso de encaminhar as reivindicações dos servidores à secretária e disse que as denúncias apresentadas são graves e a Seplag tem todo o interesse em apurar as irregularidades. Ela disse também que será publicada em breve a regulamentação da Lei Complementar 116, de 2011, que trata do assédio moral aos trabalhadores do serviço público.
O superintendente de Gestão de Pessoas em Educação da Saúde, Renato Raso, negou que servidores que tenham participado da greve estejam sendo perseguidos e afirmou que denúncias nesse sentido serão todas apuradas. Ele afirmou também que o corte no ponto realmente aconteceu e que a recomposição salarial será feita na medida em que as horas não trabalhadas forem sendo repostas. Ele ainda informou que já estão sendo discutidas propostas de alteração nas carreiras da categoria.
O vice-presidente da Fhemig, Wagner Ferreira, disse não ter conhecimento sobre as denúncias de assédio moral e colocou-se à disposição para que se chegue a uma solução pacífica e satisfatória para todos. “Vou apurar, juntamente com SES e Seplag, isso que vocês estão dizendo. Quem me conhece como servidor do João XXIII sabe que nunca me omiti. Sempre fui aberto ao diálogo. E acredito que o governo esteja aberto a negociações”. Ele ainda assegurou que todas as denúncias de assédio moral serão respondidas pessoalmente dentro de 72 horas.
Deputados manifestam insatisfação com tratamento dado a servidores
Sendo um dos criadores do projeto que deu origem à Lei Complementar 116, o deputado Sargento Rodrigues (PDT) manifestou insatisfação quanto às denúncias feitas. Segundo ele, as perseguições a servidores grevistas configuram violação da dignidade humana e que se deve ter em vista tanto a lei complementar quanto a Lei 18.185, de 2009, que garante o direito à sindicância e à ampla defesa aos contratados que tiverem sido mandados embora sem aviso prévio. Ele teve aprovados dois requerimentos durante a reunião, um deles solicitando a apuração das denúncias por parte da Secretaria de Saúde e outro encaminhando à Seplag o depoimento dos servidores que sofreram assédio moral e se manifestaram durante a audiência.
Em apoio ao colega, o deputado Paulo Lamac (PT) disse que as denúncias são inadmissíveis e pediu a suspensão das demissões e do constrangimento aos servidores. O deputado Rogério Correia (PT) se disse impressionado com os relatos de insatisfação dos servidores e de tensão com as chefias. Para ele, o tratamento que o Governo do Estado vem dispensando aos servidores grevistas é desrespeitoso. "O choque de gestão criou mecanismos de vigilância, como o prêmio de produtividade e o acordo de resultados. O resultado disso é a desorganização e a revolta latente dos servidores com as chefias. O serviço público não funciona se não tiver uma gestão democrática", defendeu. Dois requerimentos de sua autoria foram também aprovados: um pedindo o envio das notas taquigráficas para a secretária Renata Vilhena, para o secretário de Estado de Saúde e para o governador; e o outro para envio de ofício solicitando reunião com os secretários.

Fonte: ALMG

Adolescente é trucidado a tiros por "amigos"

Polícia suspeita que crime tenha ligação com tráfico de drogas.

Por: Redação



Vítima de tiros de revólver foi assassinado na noite da terça-feira (21) o adolescente J.T.O., 15. O crime aconteceu em via pública, na Quadra F, no Bairro Newton Pereira Gonçalves, na cidade de União dos Palmares, interior de Alagoas.
Testemunhas revelaram a Polícia que a vítima caminhava pela rua quando foi chamada, pelo nome, por dois adolescentes e sem perceber o que estava tramado, parou para atender os supostos amigos.
J.T.O. foi inicialmente atingido com um tiro próximo do pescoço e aos gritos, pedindo para não morrer, ainda tentou correr, sendo perseguido e atingido por outros disparos.
Após o crime os dois acusados fugiram a pé. No local as pessoas adotaram a “Lei do Silêncio” e nada falaram com os policiais que não descartam a possibilidade do crime ter ligações com o tráfico de drogas.
Foto: Menor correu, mas foi perseguido e morto (Tribuna União)

Fonte: http://emergencia190.com.br/interior/2012/08/22/8417/adolescente-e-trucidado-a-tiros-por-amigos

Adolescente de 15 anos é suspeita de esfaquear outra de 13 em BH

Suspeita e uma amiga foram apreendidas pela polícia.
Jovem ferida foi levada para Unidade de Pronto-Atendimento.
 
Uma adolescente de 15 anos é suspeita de esfaquear outra de 13 anos na noite desta terça-feira (20) no bairro Jardim América, na Região Oeste de Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Militar (PM), a jovem ferida foi levada para a Unidade de Pronto-Atendimento Oeste (UPA Oeste) e ficou em observação.
Ainda segundo a PM, a suspeita acompanhada de outra amiga, de 17 anos, foram até a casa da adolescente e a atingiram com três golpes de faca na cabeça, na testa e outro no peito. A polícia conseguiu localizar as duas jovens e elas foram apreendidas.
De acordo com a polícia, a adolescente de 15 anos confessou ser a autora das facadas. A arma do crime não foi encontrada. O Hospital de Pronto-Socorro João XXIII informou que a adolescente está internada na unidade de saúde, passa bem e está sob observação médica.

Fonte: http://g1.globo.com/minas-gerais/noticia/2012/08/adolescente-de-15-anos-e-suspeita-de-esfaquear-outra-de-13-em-bh.html

sexta-feira, agosto 24, 2012

`Menor´ deve ter proteção do Estado quando for solto

O outro primo do goleiro Bruno Fernandes, Jorge Luiz, 19, que era menor de idade na época do desaparecimento de Eliza Samudio e cumpre medida socioeducativa, pode receber proteção da Justiça quando for solto, o que pode acontecer a qualquer momento. Ele também foi uma importante testemunha durante as investigações.

Segundo o advogado Eliezer de Almeida, o benefício deve ser oferecido pelo Estado, como uma prerrogativa do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). "Ainda não sei se meu cliente vai aceitar a proteção". Na época do crime, Jorge tinha 17 anos; ele já cumpriu dois anos da pena.

Outra testemunha que afirma estar sendo ameaçada é Jaílson Alves de Oliveira, detento que dividiu cela com Marcos Aparecido dos Santos, o Bola. O advogado Ângelo Carbone disse que vai reforçar hoje o pedido para que seu cliente seja incluído no programa de proteção à testemunha. "A mãe dele sumiu. Estão todos com medo. Meu cliente já está tecnicamente morto".

Suspeito. O advogado da família de Eliza, José Arteiro, deve pedir hoje ao Ministério Público de Minas, que denuncie o policial aposentado José Lauriano de Assis Filho, o Zezé, que teria apresentado Bola a Luiz Henrique Romão, o Macarrão. "Vou mostrar que esse policial não pode estar solto, porque ele teve participação no crime". A promotoria informou que vai manter a decisão de não indiciar Zezé por falta de provas. (JS)

Fonte: http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=210395,OTE&busca=adolescente&pagina=1

Centro socioeducativo volta a ser discutido



Outro assunto discutido durante a reunião na Câmara Municipal, na última terça-feira (21), foi a construção de um centro socioeducativo para menores infratores na cidade. Desde o ano passado, depois que moradores do Pingo D’água foram em peso ao Legislativo manifestar contra construção da unidade na região, o projeto foi retirado pelo governo. "Essa proposta precisa ser votada com urgência na próxima reunião, pois só assim acredito que a violência na cidade irá diminuir. Se damos dever aos jovens, também temos que dar obrigação. Precisamos, antes de tudo, reeducá-los", disse o vereador Marcão do Universal (PSDB).

No fim de 2011, a Justiça de Betim bloqueou R$ 3,5 milhões do governo do Estado para a criação do centro para menores infratores e da Divisão de Orientação e Proteção à Criança e ao Adolescente (Dopcad) no município, mas diante do impasse do local, as propostas não saíram do papel.

Para agravar a situação, a cela do 2º Distrito Policial, para onde os menores infratores de Betim eram encaminhados e acautelados em condições precárias, foi desativada no início de maio. Em sua última nota encaminha à reportagem, a Secretaria de Estado e Defesa Social (Seds) informou que mantém o entendimento quanto à necessidade de se implantar um centro socioeducativo, tão logo seja disponibilizada a área com os parâmetros necessários à sua implementação pela prefeitura. (DR)
 

UNAÍ - Trocam tiros e são apreendidos pela PM

 




No último dia 20, policiais militares do 28º Batalhão prenderam um rapaz e apreenderam um menor, que trocaram tiros em Unaí.
Os dois iniciaram uma briga devido a um furto de bicicleta. Um dos jovens sacou uma arma e disparou contra o outro, que também sacou a arma, mas não atirou.
Imediatamente, os PMs foram ao local e prenderam a dupla. Foi apreendido um revólver calibre .32, carregado com duas munições. Eles foram encaminhados para a Delegacia de Polícia.
Fonte: PMMG

Jovens são suspeitos de matar mãe de rival e amiga

VINÍCIUS DE OLIVEIRA
 
Uma rixa entre adolescentes envolvidos com o tráfico de drogas resultou na execução da mãe de um deles e uma amiga em Buritizeiro, no Norte de Minas, na noite de anteontem. De acordo com informações da Polícia Civil, os assassinos seriam dois adolescentes, de 14 e 15 anos, supostos rivais do filho de uma das vítimas.

Segundo o delegado Adauto Correa, Valdirene Soares Barbosa, 29, e Taís Fernanda de Carvalho, 24, teriam ido tirar satisfação com a namorada de um dos suspeitos na escola onde ela estudava. O delegado explicou que, além de o filho da vítima ter indisposição com o namorado da garota, as duas também teriam uma desavença. No meio do bate-boca entre as mulheres e a adolescente, os menores apareceram armados e dispararam.

O delegado contou que o filho da vítima, atualmente com 14 anos, estaria envolvido com o tráfico desde os 10 anos. Na semana passada, ele foi apreendido com uma arma no interior da escola.
Fonte: http://www.otempo.com.br/supernoticia/noticias/?IdNoticia=74485,SUP&busca=adolescente&pagina=1

Adolescentes esfaqueiam amiga na porta de casaFamília da vítima acredita que crime foi influenciado por colegas de escola

Família da vítima acredita que crime foi influenciado por colegas de escola.
JOSÉ VÍTOR CAMILO
 
Uma briga causada por uma fofoca envolvendo um suposto namorado pode ter levado duas adolescentes, de 15 e 17 anos, a esfaquearem a amiga, de 13, no bairro Jardim América, na região Oeste de Belo Horizonte, na noite de anteontem. A tentativa de homicídio aconteceu em frente à casa da vítima.

Segundo a Polícia Militar, a adolescente saiu na porta de casa para atender as amigas, quando a mais velha segurou a vítima para que a comparsa a golpeasse com uma faca na cabeça, na testa e no peito. Os militares foram acionados e encontraram as duas suspeitas em uma rua próxima à casa da vítima, sem a arma do crime.

Kelly Cristiane Lopes, 41, tia da esfaqueada, disse que as garotas eram muito amigas. "Minha sobrinha estava indo tomar banho para ir à igreja. Quando elas a chamaram, ela saiu só de toalha, mas acompanhada do primo", contou.

As duas suspeitas teriam se escondido atrás de pedaços de madeiras, em frente à casa da vítima. A garota ficou sozinha quando pediu ao primo para entrar e buscar o celular dela. Nesse momento, as jovens teriam saído do esconderijo para atacar a amiga.

Segundo a tia da vítima, as três meninas se desentenderam há cerca de um mês, mas elas continuavam se vendo normalmente. "Elas brigaram depois de um samba, por causa de um garoto. Elas tinham consumido bebida alcoólica", lembra.

Kelly contou que a mãe de uma das acusadas é amiga da família. "Somos todas amigas. Sempre gostei muito da filha dela. Tenho certeza que ela só fez isso por influência dos colegas de escola", lamentou.

A vítima foi socorrida pela Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) Oeste e encaminhada ao Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, onde está sendo tratada depois de ter o pulmão perfurado. Segundo a assessoria do hospital, ela não corre risco de morrer.

Após serem apreendidas, as adolescentes foram encaminhadas ao Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Autor de Ato Infracional (CIA-BH).

Fonte: http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=210339,OTE&busca=adolescente&pagina=1

Começa o julgamento pelo assassinato encomendado via Facebook que choca o país

Por comentar sobre vida sexual de amigos na rede social, jovem foi morta por outro jovem, contratado pelos amigos.
DA REDAÇÃO
 
Uma adolescente assassinada por outro, por causa de uma briga com outros, num crime que foi combinado via Facebook, vem gerando debates e comoção na Holanda. O "crime do Facebook", como ficou conhecido o caso no país, aconteceu em janeiro, e o julgamento começou nesta semana, em Arnhem, com a presença do suposto autor do crime, identificado como Jinhua K. O crime choca tanto o país, que o julgamento está acontecendo publicamente, ao contrário do habitual, já que os julgamentos envolvendo menores na Holanda, costumam acontecer à portas fechadas. Os juízes justificam a escolha argumentando que é do interesse da sociedade conhecer os detalhes envolvidos.
A acusação diz que um garoto matou uma jovem de 15 anos, Joyce Winsei Hau, a pedido de um casal também adolescente, por causa de mensagens publicadas na rede social sobre o comportamento sexual deles. O pedido da acusação é de pena máxima a um garoto de até 16 anos: um ano de detenção em um centro para jovens e dois anos de liberdade condicional que poderiam ser ampliados para até sete.
Já a presença do casal, Polly e Wesley, prevista para esta semana, foi adiada por pedido do advogado de defesa, que pediu que eles fossem examinados por psicólogos. O julgamento de Polly não será público, após os relatórios apresentados por um psicólogo e um psiquiatra. A sentença de Jinhua deve ser conhecida no dia 3 de setembro. Não foi divulgado quando o julgamento do casal ocorrerá.
Facebook
Outro elemento do caso é o papel das redes sociais. Os comentários de Joyce no Facebook contribuíram para sua morte e os três acusados também planejaram o crime pela rede social. Polly W., de 16 anos e Wesley C., de 18, estavam furiosos com Joyce, de 15 anos. As duas meninas eram amigas até a mais nova publicar comentários sobre a outra.
A acusação diz que eles decidiram então contratar o menor Jinhua K., então com 14 anos, para matar a amiga. O pagamento teria sido menos de 100 euros (equivalente a R$ 250). O garoto foi à casa de Joyce no dia 14 de janeiro, apunhalando-a. Ela foi hospitalizada, mas morreu dias depois. Seu pai, Chun Nam Hau, ficou ferido no ataque ao tentar defender a filha. Ele compareceu ao tribunal na segunda-feira dizendo querer olhar os acusados nos olhos. Em carta aberta, ele pediu para que a sociedade como um todo aja para combater o problema da violência juvenil.
 
Com Agências


Fonte: http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=359610&busca=adolescente&pagina=1

terça-feira, agosto 21, 2012

Adolescentes reincidem no crime e são presos outra vez

Mãe de adolescente morto diz que avisou Fundação Casa sobre fuga

Ela alega que o jovem de 17 anos foi forçado a participar do intento.
O adolescente morreu ao cair do quarto andar do prédio.

A mãe do adolescente que morreu na noite do sábado (18) em uma tentativa de fuga pelo telhado de uma unidade da Fundação Casa no Brás, região central de São Paulo, afirmou que ele havia contado a ela que a fuga aconteceria e que ela relatou o fato a uma funcionária da instituição. O adolescente de 17 anos estava preso desde o começo do mês em razão de uma tentativa de roubo. Ele caiu durante a fuga e morreu.
A mãe relatou que o filho sofreu ameaça para participar da fuga e que seria morto caso se recusasse. "Ele me abraçou e falou que estava com muito medo", diz a mãe, que contou ainda que avisou uma segurança da fundação. "Ela falou: 'quem está no fogo é para se queimar.'"
No início da manhã de domingo (19), a Fundação Casa tinha informado que ninguém tinha ficado ferido e que não havia acontecido rebelião no Centro de Internação Provisória Tocantins, que fica na Rua Piratininga. No entanto, por volta das 11h, em nota, a instituição informou que funcionários foram feitos reféns pelos menores, um ficou ferido, e que o adolescente morreu. Outros cinco conseguiram escapar.
Os menores escaparam logo após uma atividade que acontecia na quadra da unidade. Quando eram levados para os dormitórios, eles renderam os funcionários.

Segundo a instituição, os adolescentes subiram até o teto do centro de internação e saltaram para um imóvel vizinho. Na fuga, o adolescente caiu e morreu.

Uma sindicância foi instaurada pela Fundação Casa para apurar os motivos da fuga. A Polícia Civil vai investigar o caso. A instituição disse que está dando assistência à família do adolescente.
O assistente de direção da Fundação Casa, Eduardo Mendes, afirmou que ainda não existem informações precisas porque a investigação começou na noite do sábado.
Veja na íntegra nota divulgada pela Fundação Casa:

“A Corregedoria Geral da Fundação Casa instaurou uma sindicância para apurar o motivo da fuga de seis adolescentes do centro de internação provisório Tocantins do Brás, na noite de ontem (18 de agosto), por volta das 21horas. Os jovens estavam sendo levados para os dormitórios após uma atividade esportiva. Eles conseguiram render os funcionários e chegar até o teto do centro e empreenderam fuga. Um funcionário ficou ferido e passa bem.
Sobre a morte do adolescente, a Fundação Casa lamenta o ocorrido e está dando total apoio e assistência aos familiares. Na tentativa da fuga o jovem caiu do quarto andar do prédio e veio a falecer. Neste caso da morte, a Corregedoria da Fundação Casa também abriu uma sindicância e a Polícia Civil um inquérito policial.”

Fonte: http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2012/08/mae-de-adolescente-morto-diz-que-avisou-fundacao-casa-sobre-fuga.html

Adolescentes fogem de unidade da Fundação Casa na Grande SP

Fuga aconteceu na noite de sábado em Itaquaquecetuba.
Três conseguiram deixar centro de internação depois de render segurança.

Três adolescentes conseguiram fugir de uma unidade da Fundação Casa, em Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo. Eles usaram uma faca, feita dentro da unidade, para render a segurança, no último sábado (22).
Depois, um grupo pegou uma escada e escalou o muro. Três deles conseguiram pular e fugir. Outros quatro subiam a escada quando foram pegos. Esta é a segunda fuga em menos de três meses nesta unidade.
No sábado, seis adolescentes fugiram da unidade Brás da Fundação Casa, na região central da capital paulista. Um deles morreu logo depois de deixar o centro de internação.

Fonte: http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2012/08/adolescentes-fogem-de-unidade-da-fundacao-casa-na-grande-sp.html

Adolescente de 16 anos é apreendida com revólver, no ES

Jovem diz ter comprado a arma para se defender.
Plantão de fim de semana deixa DPJ lotado de ocorrências, na Serra.

Uma adolescente de 16 anos foi apreendia com um revólver calibre 38, no bairro José de Anchieta III, na Serra, região metropolitana do Espírito Santo, na noite deste domingo (19). Segundo a polícia, a garota foi abordada em situação suspeita e disse que a arma era dela.
Os policiais contam que viram a menina com outro jovem em uma rua do bairro. Quando a polícia se aproximou dos dois, o jovem fugiu e a menina foi abordada. De acordo com os militares, o revólver com munição foi encontrado dentro de uma mochila.
Segundo a polícia, a jovem afirmou ter comprado a arma para se defender de ameaças. Após o flagrante, a adolescente foi conduzida para o Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) da Serra e foi autuada por porte ilegal de arma de fogo e, posteriomente, ela será encaminhada para a Unidade de Internação Provisória (Unip) de Vitória.

Demora no atendimento
Ainda segundo os policiais, com um alto númeor de ocorrências de dirverso crimes, a demora no atendimento tumultou os trabalhos no DPJ. Segundo os militares, alguns casos pendentes da noite de domingo ainda não haviam sido registrados na unidade, no início da manhã desta segunda-feira.
O Tenente Reis, do Batalhão de Missões Especias (BME), disse que muitas viaturas ficaram paradas em frente a unidade policial. Alguns policiais chegaram a esperar por até 12 horas.
Fonte: http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2012/08/adolescente-de-16-anos-e-apreendida-com-revolver-no-es.html

Adolescente inabilitado é apreendido após fugir de acidente sem prestar socorro

DA REDAÇÃO

Depois de se envolver em um acidente de trânsito, um adolescente foi apreendido em Patos de Minas, na região do Alto Paranaíba, nesse sábado (18). O rapaz de 17 anos é suspeito de bater em uma motocicleta e fugir sem prestar socorro. De acordo com a polícia, o jovem inabilitado dirigia um Omega, desrespeitou o sinal de parada obrigatória e o condutor caiu do veículo.
O motociclista teve ferimentos leves, mas não foi ajudado pelo adolescente. Horas mais tarde, o suspeito foi encontrado e apreendido. O automóvel também foi removido pela polícia. Os militares não revelaram informações sobre o proprietário do carro.
 

segunda-feira, agosto 20, 2012

Quanto ganha os direitores para deixaro os sistema como está.


Veja no site www.transparencia.mg.gov.br/pessoal o nome do diretor ou diretora de sua Unidade e veja quanto que ele (a) ganho para obedecer cegamente a SUASE e deixar o sistema do jeito que estamos vendo.

Somente quanto este cargo for ocupado por meio de eleição direta é que veremos mudanças, acesse consulte pelo nome.


Servidores demitidos e empresa mantida

Secretário de Justiça vai "sentar para analisar juridicamente" o que fazer.


Secretário Ângelo Roncalli
Após a deflagração da Operação Pixote, o secretário de Estado da Justiça, Ângelo Roncalli, decidiu exonerar os três servidores do Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases) presos ontem. Contudo, a Associação Capixaba de Desenvolvimento e Inclusão Social (Acadis) continuará, por enquanto, como responsável pela gestão das unidades do Iases em Linhares e Cariacica.

Serão exonerados a diretora-presidente do Iases, Silvana Gallina; o assessor jurídico, André Luiz da Silva Lima; e a subgerente de contratos e convênios, Ana Rúbia Oliveira. O diretor-técnico da autarquia, Leonardo Grobério, responderá pelo Iases. Por ser servidor efetivo, o ex-diretor técnico do Iases e assessor da Sejus Antônio Haddad Tápias, preso na operação, será alvo de processo disciplinar.

Apesar das acusações de irregularidades envolvendo a Acadis e o seu diretor, Gerardo Mondragón, Roncalli disse que vai "sentar para analisar juridicamente" o que fazer, junto da Secretaria de Controle e Transparência (Secont), Procuradoria Geral do Estado (PGE) e Iases. Ele não estabeleceu prazo para a decisão.

"Vamos discutir no âmbito do governo quais medidas vamos tomar. Hoje (ontem) fizemos uma conversa, e agora cada um vai avaliar o que pode ser feito. Pode ser uma decisão mais rápida, mas vai depender da solução jurídica cabível", disse o secretário, que considerou a operação "uma surpresa". Ele reuniu-se ontem com o governador Renato Casagrande (PSB).

Autonomia

Indagado sobre as medidas adotadas após os conselhos de Direitos Humanos e da Criança e Adolescente enviarem ofício ao governo, ao Ministério Público Estadual (MPES) e ao Iases, em outubro de 2011, questionando o contrato com a Acadis, com base em relatório interno do Iases, Roncalli disse que "o Iases tem autonomia financeira e administrativa" e "a presidente tomou as medidas".

Ele citou a auditoria feita pela Secont, a pedido de Gallina, em abril. O Tribunal de Contas estadual investiga o contrato com a Acadis, após pedido do MPES, em fevereiro. A investigação veio à tona em abril, após o contrato ser citado na decisão relativa à Operação Lee Oswald.

Sobre incitações a rebeliões, Roncalli disse que "nunca vislumbrou a possibilidade de que esses fatos ocorressem para terceirizar, pois o governo não tinha intenção de ampliar a terceirização".

Defesa: maioria dos advogados se cala

Os advogados dos suspeitos acompanharam os detidos durante toda a sexta-feira, mas pouco falaram sobre o caso. A maioria deles frisou que as investigações ainda estão na fase de inquérito e precisavam estudar a decisão judicial que levou as 13 pessoas à prisão.

Responsável pela defesa de Silvana Gallina, a advogada Juno Ávila esteve, ontem à noite, na Delegacia de Crimes Fazendários, no Centro de Vitória, onde a presidente do Iases prestou depoimento. Ela não deu entrevistas, mas disse que ainda não tinha conhecimento detalhado do caso.

O advogado da Acadis, Eduardo Sarlo, pretende pedir a revogação da prisão temporária de Gerardo Mondragón. Sarlo avalia que a prisão não era necessária e tem "natureza especulativa".

A Defensoria Pública do Estado designou um defensor público para acompanhar Severino Ramos, defensor preso pela polícia e liberado ontem. Advogados dos outros acusados estiveram na delegacia, mas não deram declarações.

Relatório interno já apontava fraudes
 
A Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) tinha conhecimento das irregularidades ocorridas na Associação Capixaba de Desenvolvimento e Inclusão Social (Acadis) desde 2011. O relatório elaborado pela administração da Gerência de Controle Interno e Análise de Custos (Gecon) do Iases, em 22 de agosto do ano passado, revela falhas em contratos de prestadores de serviço e na folha de pagamento da Acadis.

O documento mostra que a associação usou recursos públicos a título de "fundo fixo" – usado para compra de materiais urgentes – para pagar entradas de cinema, caixas de bombons, lanches, pedágio e estacionamento.

Diz, ainda, que o diretor da Acadis, Gerardo Mondragón, recebia, em março de 2011, R$ 7.144,18. No mês seguinte, o valor subiu para R$ 12.369,40.

Dezenas de empresas que prestam serviços à Acadis são mencionadas no relatório sob suspeita de contratos superfaturados. Uma consultoria alimentar, por exemplo, paga R$ 2.086,50 para uma nutricionista trabalhar quatro dias por mês. Além disso, essa empresa recebe mais R$ 6 mil para que a profissional ministre uma reunião mensal com colaboradores da unidade.

O documento foi encaminhado ao diretor financeiro e administrativo do Iases. E, segundo o delegado Rodolfo Laterza, ajudou nas investigações.

Deputado é citado em decisão

A Operação Pixote também realizou ação de busca e apreensão na casa da esposa do deputado estadual Josias da Vitória (PDT), Luciana Tozato da Vitória, em Colatina, na Região Noroeste. O deputado é citado na decisão judicial que deu origem à operação. Nela, Luciana aparece como sócia da empresa Grupo Capixaba, junto da irmã do deputado, Delza Auxiliadora da Vitória. A empresa, que atua na área de segurança, prestava serviços à Acadis nas unidades socioeducativas.

Segundo o documento, a polícia levantou que a associação teria promovido enriquecimento de aliados institucionais, empresas ligadas aos familiares do deputado que prestavam serviços, "muitas com valores fora de mercado e sem qualquer embasamento quanto à necessidade, utilidade e justificativa".

O deputado também teria viajado para a Espanha a convite do empresário Gerardo Mondragón, proprietário da Acadis.

Em nota, o deputado classificou como indevido o mandado de busca e apreensão para a esposa, afirmando que ela não é sócia ou proprietária de qualquer empresa.

Da Vitória também relacionou o envolvimento de seu nome na operação a questões políticas em Colatina e disse que o fato "só se justifica pelo seu crescente aumento de intenção de voto naquela cidade".

Empresas

Por telefone, no Grupo Capixaba a informação era que não havia ninguém para atender à reportagem. Já Cláudio Farina, diretor-presidente do Grupo Fibra – do qual fazem parte as empresas Fibra e Garra, onde também foram realizadas buscas e apreensões –, afirmou que tudo o que foi pedido pelos policiais foi entregue.

"Antes mesmo da operação, já havíamos entregado a documentação ao Ministério Público. A situação está toda dentro da lei, e deixamos isso claro para os policiais que aqui vieram", disse Farina.

Segundo o diretor, foram entregues todos os contratos e aditivos, folhas de pagamento, guias de tributos, notas fiscais e o detalhamento nominal do efetivo da empresa durante o período de contrato com a Acadis.

Ele ainda afirmou que o grupo pediu a rescisão do contrato com a Acadis em dezembro do ano passado, por inadimplência da contratante, e desde então não atua mais com a associação.
Foto: Edson Chagas/Ângelo Roncalli disse que ação “foi uma surpresa”


# Participaram desta reportagem Vilmara Fernandes, Ednalva Andrade, Letícia Cardoso, Patrícia Scalzer, Elton Lyrio, Vinicius Valfré e Almir Neto

 
Fonte: http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2012/08/noticias/a_gazeta/dia_a_dia/1349297-servidores-demitidos-e-empresa-mantida.html

Adolescente mata homem com tiro no pescoço

O adolescente saiu do local após a briga e retornou instantes depois com a arma.

Um homem de 29 anos foi morto com quatro tiros disparados por um adolescente de 17 anos na madrugada deste sábado (30), em um bar no Parque Furquim, em Presidente Prudente.
De acordo com testemunhas, a vítima Cláudio Rodrigues foi atingida no pescoço por um dos quatro disparos, possivelmente efetuados por uma arma calibre 32. Elas contam que, minutos antes, o homem havia discutido com o menor, que recebeu diversos socos e foi ferido com um objeto cortante.
O adolescente saiu do local após a briga e retornou instantes depois com a arma, quando disparou contra Rodrigues.
Ele foi socorrido no local, porém, morreu logo em seguida. O adolescente foi encaminhado para o Hospital Regional (HR) por conta do corte no lado direito do peito, resultado da briga antes do homicídio.
De acordo com informações da Polícia Civil, o menor será encaminhado para a Fundação Casa, em Irapuru (SP).

Restrição para internação de adolescente infrator é assegurada

Nova súmula do Superior Tribunal de Justiça (STJ) fixa o entendimento corrente da Corte sobre limitação à possibilidade de internação de menores por ato infracional análogo ao tráfico de drogas.
A Súmula 492 estabelece que “o ato infracional análogo ao tráfico de drogas, por si só, não conduz obrigatoriamente à imposição de medida socioeducativa de internação do adolescente”.
Além do efetivo cometimento da infração, seria necessária a presença das condições previstas na Lei 8.069/90 (Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA).
O ministro Og Fernandes, relator do Habeas Corpus (HC) 236.694, um dos precedentes da súmula, destacou que a internação só pode ocorrer, segundo o artigo 122 do ECA, quando o ato infracional for praticado com violência ou grave ameaça; quando houver reiteração criminosa ou descumprimento reiterado de medida disciplinar anterior. Se esses fatos não ocorrem, a internação é ilegal.
Em outro precedente, o HC 229.303, o relator, ministro Marco Aurélio Bellizze, destaca que a internação é medida excepcional, por importar na privação da liberdade do adolescente.
Se possível, o magistrado deve procurar uma medida socioeducativa menos onerosa para o direito de liberdade.
No caso, o menor foi preso com 16 pedras de crack, sem ter ficado caracterizada a reiteração criminosa, que exige pelo menos três atos delituosos anteriores. Como também não houve violência ou ameaça, ficou determinada a manutenção da medida de liberdade assistida.
A ministra Laurita Vaz, relatora do HC 223.113, afirmou que a internação de menor por prazo indeterminado apenas pela prática de ato análogo ao tráfico não é previsto no ECA.
Ela lembrou que a internação de menor não fundamentada suficientemente é ilegal.
Já o ministro Gilson Dipp asseverou em seu voto no HC 213.778 que a Quinta Turma tem entendido que a medida extrema de internação só está autorizada nas hipóteses previstas taxativamente na lei.
Ele apontou que o tráfico de drogas é uma conduta com alto grau de reprovação, mas é desprovida de violência ou grave ameaça.
O magistrado também destacou que não se admite a aplicação de medida mais gravosa com amparo na gravidade genérica do ato infracional ou na natureza hedionda do crime de tráfico de drogas.
Fonte: Superior Tribunal de Justiça

Adolescente é flagrada com arma em mochila dentro de escola em MT

Menina de 15 anos estava com um revólver calibre 32, em Várzea Grande.
Políciais Militares receberam denúncias sobre o fato.

Kelly Martins
Do G1 MT


Uma adolescente de 15 anos de idade foi flagrada com uma arma dentro de uma escola em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, na noite desta sexta-feira (17). De acordo com a Polícia Militar, o revólver calibre 32 estava dentro da mochila da estudante e sem munições.
Os policiais militares foram acionados após denúncias de que em uma escola pública do Bairro Capão Grande, havia uma aluna com uma arma de fogo. Em depoimento à polícia, a adolescente contou que estava apenas guardando o revólver que seria de uma outra pessoa.
O proprietário, segundo a menor, teria entregado a arma e pulado o muro da escola no momento em que viu os policiais se aproximando do local. A estudante foi encaminhada para a Central de Flagrantes.
Após o caso, outra arma foi apreendida pelos policiais no Bairro Mapim, dentro de um bar, na região. Um revólver calibre 38 estava com um jovem de 18 anos. Segundo a Polícia Militar, a arma estava com quatro munições intactas.

Fonte: http://g1.globo.com/mato-grosso/noticia/2012/08/adolescente-e-flagrada-com-arma-em-mochila-dentro-de-escola-em-mt.html

domingo, agosto 19, 2012

Adolescente é apreendido com 2 kg de maconha no Vista Alegre

FELIPE REZENDE
Um adolescente de 16 anos foi apreendido na tarde deste domingo (19) suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas no bairro Vista Alegre, região Oeste de Belo Horizonte. Segundo o Batalhão de Rondas Táticas Metropolitanas (Rotam) da Polícia Militar, ele foi abordado durante um patrulhamento.
Com o rapaz os militares encontraram um tablete de dois quilos de maconha, uma balança de precisão e uma quantia em dinheiro não divulgada.
O adolescente não informou se o material era dele ou se estava sendo guardado para outra pessoa. Ele foi encaminhado para a Divisão de Orientação e Proteção à Criança e ao Adolescente (DOPCAD).
Fonte: http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/?IdNoticia=359220&busca=adolescente&pagina=1

Jovem morre e funcionário fica ferido em fuga da Fundação Casa em SP

Outros cinco menores conseguiram deixar unidade no Brás, no Centro.
Funcionário machucado passa bem.

Um adolescente morreu durante uma tentativa de fuga pelo telhado de uma unidade da Fundação Casa, no Brás, na região central da capital paulista, por volta das 21h do sábado (18). Outros cinco conseguiram escapar e, até a manhã deste domingo (19), não tinham sido recapturados. Um funcionário ficou ferido, mas passa bem.
No início da manhã, a Fundação Casa tinha informado que ninguém tinha ficado ferido e que não havia acontecido rebelião no Centro de Internação Provisória Tocantins, que fica na Rua Piratininga. No entanto, por volta das 11h, em nota, a instituição informou que funcionários foram feitos reféns pelos menores e que o adolescente morreu.
Os menores escaparam logo após uma atividade que acontecia na quadra da unidade. Quando eram levados para os dormitórios, eles renderam os funcionários.

Segundo a instituição, os adolescentes subiram até o teto do centro de internação e saltaram para um imóvel vizinho. Na fuga, o adolescente caiu e morreu.

Uma sindicância foi instaurada pela Fundação Casa para apurar os motivos da fuga. A Polícia Civil vai investigar o caso. A instituição disse que está dando assistência à família do adolescente.

“A Corregedoria Geral da Fundação Casa instaurou uma sindicância para apurar o motivo da fuga de seis adolescentes do centro de internação provisório Tocantins do Brás, na noite de ontem (18 de agosto), por volta das 21horas. Os jovens estavam sendo levados para os dormitórios após uma atividade esportiva. Eles conseguiram render os funcionários e chegar até o teto do centro e empreenderam fuga. Um funcionário ficou ferido e passa bem.

Sobre a morte do adolescente, a Fundação Casa lamenta o ocorrido e está dando total apoio e assistência aos familiares. Na tentativa da fuga o jovem caiu do quarto andar do prédio e veio a falecer. Neste caso da morte, a Corregedoria da Fundação Casa também abriu uma sindicância e a Polícia Civil um inquérito policial.”

Fonter: http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2012/08/jovem-morre-e-funcionario-fica-ferido-em-fuga-da-fundacao-casa-em-sp.html

Exemplo de impunidade: menores riem de apreensão

sábado, agosto 18, 2012

Grupo é detido com drogas no Canaã

Gameleira terá centro de segurança de primeiro mundo

Outras 11 capitais brasileiras terão o mesmo modelo para o evento esportivo.

LUCAS SIMÕES



Computadores e robôs de última geração, delegacias móveis, treinamento para policiais e uma série de investimentos que poderão melhorar a condição diária da segurança pública do país, só serão vistos durante o maior evento de futebol do planeta. Esse é o modelo do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) que será construído em Belo Horizonte e em outras 11 capitais brasileiras para monitorar e atuar na prevenção de crimes durante a Copa do Mundo de 2014.

Em reunião com as autoridades municipais e estaduais, o Ministério da Justiça anunciou ontem, em Brasília, um investimento total de R$ 1,17 bilhão para o projeto. Em Belo Horizonte, o centro será construído em um terreno de 10.000 m² doado pelo Estado, no bairro Gameleira, na região Oeste da capital. A Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) não precisou onde fica essa área, mas será perto da estação de metrô do bairro e do Batalhão da Polícia Militar. Toda a obra está avaliada em R$ 52 milhões e tem previsão de ser concluída em janeiro de 2014. As licitações foram abertas na sexta-feira passada e as empresas têm até o dia 22 de agosto para apresentar um projeto.

Nas ruas, o trabalho de policiais será, sobretudo, de prevenção e de atuação na contenção de crimes. Para isso, a Seds estima um gasto médio de R$ 8 milhões na compra de equipamentos, que ainda serão licitados.

Conforme o Ministério da Justiça, Minas receberá 200 computadores de bordo que serão acoplados às viaturas policiais. Assim, será possível acessar fichas criminais e boletins de ocorrências. O CICC também terá um sistema antibomba composto por um robô e um conjunto de roupas especiais para o desarmamento de explosivos e de aparelhos que irão captar imagens em alta resolução a partir de helicópteros.
Estrutura. Segundo a Seds, o prédio que abrigará o CICC mineiro terá quatro pavimentos mais uma cobertura e contará com 112 profissionais das Polícias Militar, Civil e Federal, da Defesa Civil, do Corpo de Bombeiros e da Prefeitura de Belo Horizonte trabalhando nos setores de tele-atendimento. Essa será a área em que os profissionais receberão as queixas e as reclamações relacionadas ao evento esportivo. A secretaria não divulgou qual será o efetivo total a trabalhar no CICC.

O prédio terá uma sala para gerenciamento de crises com telão para exibir as imagens das câmeras da cidade.

Fonte: http://www.otempo.com.br/supernoticia/noticias/?IdNoticia=74303,SUP&IdCanal=2

sexta-feira, agosto 17, 2012

Menor é apreendido com cocaína pronta para o tráfico

Juiz vira refém de menores em casa

Polícia foi acionada por um dos filhos do magistrado e localizou os suspeitos embaixo da cama de um vizinho.

JOSÉ VÍTOR CAMILO



A grande movimentação da Polícia Militar, que usou até um helicóptero, após uma tentativa de assalto assustou os moradores do bairro Nova Suíça, na região Oeste da capital, anteontem. A vítima foi um juiz da Vara da Infância e Juventude, que, por ironia do destino, foi abordado e feito refém, juntamente com sua esposa, por um jovem de 19 anos e quatro menores, três de 17 anos e um de apenas 14 anos. Os suspeitos foram detidos em uma casa vizinha, escondidos debaixo de uma cama.

Segundo a Polícia Militar (PM), o juiz Eduardo Marques Lott chegava em casa, por volta das 19h30, quando foi abordado pelos suspeitos, um deles, armado com um revólver calibre 38. Um dos filhos do magistrado, de 20 anos, que estaria na casa, percebeu a movimentação e pulou o muro para a residência vizinha, onde pediu ajuda e acionou os policiais.

Gabriel Junqueira, de 28 anos, contou que a família tem o costume de olhar as câmeras de segurança sempre que alguém está chegando. "Meu irmão viu, pela câmera, que a casa seria assaltada e percebeu que dava tempo de fugir", contou.

O filho do juiz destacou a ação rápida da polícia. "Mobilizaram praticamente um batalhão. Tinha umas 30 viaturas para poder fechar o quarteirão. Assim, eles conseguiram localizar os assaltantes. É bom que os ladrões percebam que eles podem até entrar facilmente, mas não será fácil sair de lá", afirmou Junqueira.

O filho do magistrado contou ainda que, ao perceber a presença dos suspeitos, o pai tentou jogar o veículo para cima deles, impedindo a entrada dos assaltantes. "Durante os aproximadamente 15 minutos em que os suspeitos mantiveram meus pais amarrados, eles conseguiram encher a caminhonete com vários objetos da casa", disse Junqueira.
FOTO:  CHARLES SILVA DUARTE/Câmeras de vídeo ajudaram a impedir que a gangue de menores conseguisse fugir

Fonte: http://www.otempo.com.br/supernoticia/noticias/?IdNoticia=74300,SUP&IdCanal=2

quinta-feira, agosto 16, 2012

Menor é apreendida com cocaína em Presidente Prudente

Erick era procurado pela polícia por tentativa de roubo de veículo em junho. Foto: Divulgação

A Justiça mato-grossense está libertando adolescentes que cometeram crimes hediondos, como latrocínios, estupros e homicídios, por falta de unidades socieducativas nas regiões onde ocorreram os eventos criminosos ou de vagas naquelas que já existem.
Na terça-feira, M.C.R., de 17 anos, que estava preso por assassinato na cidade de Canarana, ganhou a liberdade porque o local onde estava apreendido, uma delegacia de Polícia, contraria as exigências do Estatuto da Criança e do Adolescente(ECA). Ele matou a facadas, no meio da rua, o namorado da mãe.
Em abril, dois adolescentes que mataram um colega de cela, em uma prisão de adultos, em Sinop, também tiveram de ser libertados porque na região não há unidade para cumprimento de medida sócioeducativa.
O procurador Paulo Prado, titular da Procuradoria de Justiça Especializada em Defesa da Criança e Adolescente, classificou a situação como caótica e vergonhosa à população de Mato Grosso.
Ele acredita que em breve o Brasil poderá sofrer sanção junto a Organizações das Nações Unidas(ONU) por conta do desrespeito aos direitos humanos da criança e do adolescente.
Prado diz que nesse último caso, de Canarana, o próprio juiz, antes de decidir no habeas corpus impetrado pela família, assim como promotor, tentaram vaga em unidades de outros municípios para internar o adolescente, mas não conseguiram.
Anteontem, o juiz federal de Sinop, Charles Renaud Frazão de Moraes, determinou o bloqueio de R$ 6,1 milhões nas contas do governo do Estado para construção de unidades descentralizadas de internação de adolescentes em conflito com a lei.
A decisão dele, baseado em pedido do Ministério Público Federal (MPF), é consequência de dois anos de espera pelo cumprimento da ordem de construção da unidade. Em outubro de 2010, em outra decisão, a Justiça Estadual já havia determinado a inclusão de recursos no orçamento do estado no plano plurianual 2012/2015.
Como a verba está orçada e deveria ser aplicada em 2012, o juiz Charles Moraes considerou que seis meses seria tempo suficiente para que o governo iniciasse as obras. Como isso não ocorreu, ele não somente acolheu o pedido de bloqueio do dinheiro como aceitou a participação do MPF como parte autora da ação.
A Secretaria de Justiça e Direitos Humanos(Sejudh) tem conhecimento extra-oficial da decisão porque o Estado ainda não foi notificado. Mesmo assim, a assessoria de imprensa do órgão adiantou que o projeto de construção da unidade está pronto, dependendo da regularização da área doada pelo município para abrir o processo licitatório.
 

quarta-feira, agosto 15, 2012

Servidores das unidades Prisionais e Socioeducativas terão cursos de capacitação a distância

sectes.jpg
Cursos gratuitos na modalidade de Ensino a Distância (EAD) serão ofertados pelo Governo de Minas, por meio das secretarias de Estado de Defesa Social (Seds), e de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), para todos os servidores das unidades Prisionais e Socioeducativas do Estado. A previsão é que as aulas comecem no final deste ano. O Termo de Cooperação Técnica, que possibilita a qualificação e o aperfeiçoamento desses profissionais por meio de Centros Vocacionais Tecnológicos (CVTs) e Telecentros, foi assinado, nesta segunda-feira (13), pelos secretários de Defesa Social, Rômulo Ferraz, e de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Narcio Rodrigues.
Pelo acordo, a Seds ficará responsável por planejar e incentivar as ações de educação a distância voltadas aos servidores das unidades prisionais e socioeducativas, além da análise dos resultados. Já a Sectes, além de oferecer os recursos tecnológicos necessários, fará o acompanhamento das atividades nos Centros Vocacionais Tecnológicos e hospedará os cursos a distância cedidos pela Seds no portal www.inclusaodigital.mg.gov.br.
O cronograma para o início das aulas será feito nos próximos dias pelas superintendências de Recursos Humanos da Seds, por meio da Diretoria de Gestão de Pessoas, e de Inovação Social da Sectes. A partir de uma sala montada pela Sectes no 8º andar do Edifício Gerais, na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, o instrutor designado pela Seds fará apresentação, simultaneamente, por meio videoconferência, dos conteúdos aos servidores do sistema Prisional e Socioeducativo de todas regiões do Estado.
De acordo com o secretário Rômulo Ferraz, a parceria com a Sectes é mais uma ferramenta para lastrear os trabalhos realizados no âmbito das subsecretarias de Administração Prisional e de Atendimento às Medidas Socioeducativas. “Esse instrumento disponibilizado pela Secretaria de Ciência e Tecnologia é mais um caminho pavimentado para que possamos levar adiante as políticas desenvolvidas no Sistema de Defesa Social e que colocaram Minas Gerais num patamar diferenciado em relação aos outros estados”, disse.
Já o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Narcio Rodrigues, destacou que a iniciativa irá favorecer os servidores que buscam se qualificar para o mercado de trabalho. “Nossa secretaria, por meio da tecnologia e do desenvolvimento científico, tem como prioridade servir à população. Portanto, essa parceria com a Seds pontua o trabalho em rede do Governo de Minas no esforço de ampliar a área de segurança no Estado”, afirmou o secretário.
Centros Vocacionais Tecnológicos
Os Centros Vocacionais Tecnológicos (CVTs) são centros de excelência voltados para a capacitação tecnológica e profissional, que visam ao aumento do conhecimento, de acordo com a vocação econômica da região. São 84 CVTs e 487 telecentros, somando 571 unidades distribuídas em 360 municípios de Minas. Os centros são equipados com a plataforma de ensino a distância Moodle, um sistema de gestão de aprendizagem à distância que permite criação, utilização e gerenciamento de cursos online. O Estado de Minas Gerais é o 4º maior usuário global da plataforma.
Desde o começo da implantação da rede CVT, em 2004, mais de 700 mil pessoas se formaram pelos cursos de ensino a distância (EAD). Somente em 2011, cerca de 215 mil pessoas receberam certificados, maior número anual desde o início do projeto. Um dos fatores que favoreceu esse índice foi o lançamento de mais 27 cursos EAD pela Sectes em parceria com o Instituto Projeto Vida e Esperança (Prove). As capacitações abrangem as áreas de agricultura e pecuária; cidadania; empreendedorismo; informática; meio ambiente e primeiro emprego. Dessa maneira, as salas de inclusão digital totalizam 45 cursos a distância, com controle de presença e expedição de certificados.
Crédito foto: Osvaldo Afonso/Imprensa MG
Fonte: SEDS
Nota dos administradores do blog: Será mais uma ação de propaganda politica? Vamos esperar para ver se estão falando a verdade.

LEI DO PORTE DE ARMA PARA AGENTE

Vamos participar desta campanha para que nossa categoria tenha o porte de arma estabelecido em lei, não perca tempo.

Clik na imagem para participar

Os Agentes precisam dê seu voto

Os Agentes precisam dê seu voto
Participe da Petição Pública, clik na imagem acima.