"Agentes de Segurança Socioeducativo ajudem ao SINDSISEMG a melhorar as condições do Sistema Socioeducativo, filiem-se, acessem e participem dessa conquista.

terça-feira, julho 27, 2010

CNBB defende condenação de padres pedófilos

Assembleia da entidade aprova documento em que também admite a necessidade de reparação às vítimas do crime.No documento "Carta dos Bispos aos Presbíteros", aprovado ontem na sua 48ª Assembleia Geral, em Brasília, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) defendeu a condenação judicial dos padres envolvidos em crimes de pedofilia e admitiu a necessidade de reparação às vítimas. A Igreja Católica classificou esses atos como comportamento abusivo. Os bispos trataram do assunto num parágrafo de sete linhas. A CNBB reconhece que as denúncias contra os padres pedófilos atingiram a credibilidade dos sacerdotes.
"Com humildade, reconhecemos que estamos em tempo de purificação, recordando que, diante do pecado, nos são dados como remédios a conversão, o perdão, a reparação às vítimas; diante do crime, as penalidades da lei civil e canônica; e diante de patologias, adequadas terapias", diz o documento da CNBB.
Para a entidade, o comportamento dos padres que abusaram sexualmente de crianças causa sofrimento e indignação, sentimentos que "invadiram o íntimo de muitos cristãos e das pessoas que amam a Justiça, a verdade e a coerência de vida".

Dom Hummes defende cartilha que oriente padres

Após encontro com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o cardeal dom Cláudio Hummes, prefeito da Congregação para o Clero no Vaticano, comentou rapidamente ontem sobre a pedofilia no meio religioso. Ele defendeu a publicação de uma cartilha que oriente os padres e auxilie no combate dessa prática na Igreja Católica. Para Hummes, são delitos inaceitáveis.
- É um problema grave, gravíssimo, intolerável. A Igreja, a meu ver, no momento está sendo aquela instituição no mundo que mais abertamente, e com maior rigor, está combatendo esse crime, esses delitos, que são inaceitáveis. Tanto assim que o papa já tem dito mais vezes que não há lugar no ministério sacerdotal para pedófilos. Isso ele tem dito, e eles têm de se retirar do ministério e terão de enfrentar os tribunais comuns. Tanto que ele disse que o perdão não exime da punição.
Para o cardeal, a Igreja Católica está discutindo abertamente o tema.
Fonte: JusBrasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é importante para nosso aperfeiçoamento e avaliação das demandas necessárias dos Agentes de Segurança Socioeducativos, contamos com a educação, o bom senso a o união de todos na construção de um sistema melhor e verdadeiramente eficiente.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

LEI DO PORTE DE ARMA PARA AGENTE

Vamos participar desta campanha para que nossa categoria tenha o porte de arma estabelecido em lei, não perca tempo.

Clik na imagem para participar

Os Agentes precisam dê seu voto

Os Agentes precisam dê seu voto
Participe da Petição Pública, clik na imagem acima.