"Agentes de Segurança Socioeducativo ajudem ao SINDSISEMG a melhorar as condições do Sistema Socioeducativo, filiem-se, acessem e participem dessa conquista.

quinta-feira, maio 13, 2010

Curso de Gestão de Segurança Pública abre inscrições


BELO HORIZONTE (12/05/10) - Estão abertas, até o dia 28 de maio deste ano, as inscrições para o vestibular do curso Gestão de Segurança Pública, integrado ao Departamento dos Cursos Superiores de Tecnologia do Uni-BH (DTEC). São oferecidas 50 vagas para o turno da noite. O curso superior tem duração de dois anos, divididos em quatro semestres.
A grade curricular privilegia aulas teóricas e envolve disciplinas como Psicologia, Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), Direitos Humanos, Criminologia, Planejamento Estratégico, Gerenciamento de Risco e Legislação Penal. A graduação, específica para profissionais interessados em atuar no Sistema de Defesa Social, é uma iniciativa pioneira da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), que propôs a parceria ao Uni-BH em 2008.
O subsecretário de Administração Prisional da Seds, Genilson Zeferino, foi um dos principais incentivadores da proposta vislumbrando a necessidade de aperfeiçoamento e qualificação dos agentes penitenciários, socioeducativos e diretores das unidades prisionais. “Percebi que havia necessidade de oferecer a eles uma maior identidade profissional. É importante que se vejam também como ‘gestores de segurança pública’ e, como tais, estejam capacitados ao gerenciamento e à administração de conflitos”.
De acordo com Zeferino, o curso foi planejado a partir da própria experiência dos agentes penitenciários. “É um curso que se aperfeiçoa a cada ano e tem se mostrado exitoso do ponto de vista da formação dos agentes. Parte das pesquisas realizadas pelos alunos têm sido aplicadas na prática. O estudo da criminologia, por exemplo, ajuda os agentes a construir o perfil das pessoas privadas de liberdade.”
Gestão prisional
A coordenadora do curso, Sheila Venâncio, ressalta que o tecnólogo em Gestão de Segurança Pública está apto a prestar seus serviços como consultor para elaboração de políticas voltadas para a gestão da segurança pública e prevenção à criminalidade. Sheila conta ainda que a maior parte dos 130 alunos, divididos em cinco turmas, trabalha no sistema prisional e socioeducativo e na guarda municipal. São servidores que veem na formação uma oportunidade de crescimento pessoal e profissional. “Sinto que a visão que eles têm do sistema tem sido alargada. Discussões éticas, filosóficas e humanas permeiam as aulas e aumentam a percepção e a sensibilidade dos alunos.”
Mesmo sendo voltado para a valorização do agente penitenciário e socioeducativo, qualquer pessoa que queira trabalhar no Sistema de Defesa Social ou ser pesquisador de políticas públicas de segurança pode fazer o curso de Gestão de Segurança Pública.
Formatura
As duas primeiras turmas do curso se formam em julho deste ano. O diretor do Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) São Cristovão, Ronaldo Mendes Campelo, que trabalha há 15 anos no sistema, faz uma avaliação positiva dos dois anos que dedicou à graduação. “O curso contribuiu para o meu crescimento profissional e humano. A proximidade com a Legislação Penal, o Código Penal e todas as outras leis aplicadas ao preso, abriu oportunidades de novos conhecimentos, retirando visões deturpadas e preconceituosas adquiridas ao longo da carreira.” Para Campelo, a iniciativa da Seds, valoriza o servidor do sistema prisional. “A imagem de simples vigilante de preso está sendo substituída pela figura do gestor prisional, habilitado e comprometido com a carreira.”
De acordo com o diretor geral do Presídio Regional de Ibirité, Caio Sérgio Lopes, além da formação profissional as aulas também oferecem uma formação humanística. “Apesar de o curso ter apenas dois anos, o excelente e experiente corpo docente me fez entender que o sistema prisional vai além das grades e dos portões que aprisionam seres humanos.”


Nota dos Administradores do blog: A SEDS propôs esta parceria com esta instituição para que os Servidores venham a estudar e qualificarem-se mais a fim de prestar um melhor serviço, porem nas Unidades não está cumprindo a lei o qual permiti o servidor estudante ausentar-se 1(uma) hora e 30(trinta) minutos antes do termino do segundo turno.
******************************************

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é importante para nosso aperfeiçoamento e avaliação das demandas necessárias dos Agentes de Segurança Socioeducativos, contamos com a educação, o bom senso a o união de todos na construção de um sistema melhor e verdadeiramente eficiente.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

LEI DO PORTE DE ARMA PARA AGENTE

Vamos participar desta campanha para que nossa categoria tenha o porte de arma estabelecido em lei, não perca tempo.

Clik na imagem para participar

Os Agentes precisam dê seu voto

Os Agentes precisam dê seu voto
Participe da Petição Pública, clik na imagem acima.