"Agentes de Segurança Socioeducativo ajudem ao SINDSISEMG a melhorar as condições do Sistema Socioeducativo, filiem-se, acessem e participem dessa conquista.

segunda-feira, novembro 22, 2010

Acusados de matar menor queimado ficam isolados no Complexo Pomeri

Da Redação - Alline Marques
Os três adolescentes envolvidos na morte de outro menor de idade, dentro do Centro Socioeducativo de Cuiabá (Complexo Pomeri), sofreram sanção disciplinar e estão isolados dos demais reeducandos. A unidade abriu inquérito administrativo para apurar se houve falha por parte dos servidores centro.
O adolescente Donizete Tolentino dos Santos, 15, morreu nesse domingo (20), após ter 85% do corpo queimado, enquanto dormia na cela, em que dividia com três colegas. Outro menos, que estava no mesmo ambiente, também ficou gravemente ferido, mas ainda está internado. O crime ocorreu na sexta-feira (18).
O delegado titular da Delegacia Especializada do Adolescente (DEA), Paulo Araújo, ouviu na sexta-feira os três adolescentes envolvidos, duas vítimas e dois agentes-orientadores. O delegado também solicitou uma perícia de dano e de engenharia no local do incêndio, para verificar onde e como o fogo começou.
A vítima e outros três colegas cumpriam medida socioeducativa por homicídio triplamente qualificado. Eles são acusados de matarem o adolescente Erick Bruno de Lima, quando saíram do projeto Ser Menino, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Assistência Social e tem como objetivo atender jovens em situações de risco e envolvimento com drogas. O jovem foi assassinado a paulada e dezenas de facadas, em abril deste ano.
Devido a crueldade do crime, os menores foram ameaçados logo que chegaram no Centro Socioeducativo e por isso estavam em uma ala Protetiva (espaço onde ficam apenas os adolescentes que praticaram crimes hediondos - com requinte de crueldade. Nessa ala os adolescentes não têm contato com os outros internos).
Em nota à imprensa, a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) já tomou todas as medidas administrativas e disciplinares no sinistro ocorrido na última sexta-feira (18) no Centro Socioeducativo de Cuiabá. A Sejusp também já prestou suporte psicológico, social e auxílio funerário à família do adolescente que faleceu. As vítimas e os funcionários da unidade que sofreram ferimentos também receberam apoio psicológico. Ainda na sexta-feira, equipe da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) realizou a vistoria no local.
Fonte:http://www.olhardireto.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é importante para nosso aperfeiçoamento e avaliação das demandas necessárias dos Agentes de Segurança Socioeducativos, contamos com a educação, o bom senso a o união de todos na construção de um sistema melhor e verdadeiramente eficiente.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

LEI DO PORTE DE ARMA PARA AGENTE

Vamos participar desta campanha para que nossa categoria tenha o porte de arma estabelecido em lei, não perca tempo.

Clik na imagem para participar

Os Agentes precisam dê seu voto

Os Agentes precisam dê seu voto
Participe da Petição Pública, clik na imagem acima.