"Agentes de Segurança Socioeducativo ajudem ao SINDSISEMG a melhorar as condições do Sistema Socioeducativo, filiem-se, acessem e participem dessa conquista.

sábado, novembro 20, 2010

CNJ avalia centros de internação para menores

FLORIANÓPOLIS - O Centro Educacional São Lucas, em São José, e o Plantão Interinstitucional de Atendimento (Pliat), em Florianópolis, foram consideradas as piores unidades para internação de adolescentes infratores do Estado. A avaliação é de uma comissão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que fez uma inspeção nos 20 centros que integram o sistema socioeducativo catarinense. As instituições não oferecem nem sequer aulas aos jovens e enfrentam reclamações de agressões. Também não há oficinas profissionalizantes e atividades esportivas.
O coordenador do trabalho, juiz Daniel Issler, disse que as informações serão incluídas num relatório que deve ser divulgado nos próximos dias. Ele afirmou que existem outros problemas. Como Santa Catarina tem somente três unidades para internação permanente, muitos jovens cumprem a medida em centros provisórios. A diferença é que estas instituições não têm infraestrutura de escolas, acompanhamento pedagógico e psicológico nem cursos profissionalizantes.
A transferência de adolescentes de cidades também gera problemas. Muitos garotos são internados em instituições longe de casa, o que impede os familiares de visitá-los. A capacidade técnica dos monitores também foi questionada pelo juiz. Issler declarou que considerável parte dos funcionários têm uma visão vingativa e acreditam que os jovens merecem punição.
Unidades administradas em conjunto com ONGs são exceção
Dependendo das cidades, porém, a situação é diferente, apontou o coordenador do trabalho. Ele disse que muitas instituições no interior são bem gerenciadas e oferecem as condições exigidas pela lei. Issler explicou que, na maioria delas, a administração é compartilhada com ONGs. Nestas unidades os adolescentes têm aulas, oficinas e atividades esportivas. O juiz acredita que a dedicação dos funcionários facilita o trabalho dos coordenadores.
FELIPE PEREIRA
Fonte:http://www.clicrbs.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é importante para nosso aperfeiçoamento e avaliação das demandas necessárias dos Agentes de Segurança Socioeducativos, contamos com a educação, o bom senso a o união de todos na construção de um sistema melhor e verdadeiramente eficiente.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

LEI DO PORTE DE ARMA PARA AGENTE

Vamos participar desta campanha para que nossa categoria tenha o porte de arma estabelecido em lei, não perca tempo.

Clik na imagem para participar

Os Agentes precisam dê seu voto

Os Agentes precisam dê seu voto
Participe da Petição Pública, clik na imagem acima.