"Agentes de Segurança Socioeducativo ajudem ao SINDSISEMG a melhorar as condições do Sistema Socioeducativo, filiem-se, acessem e participem dessa conquista.

quinta-feira, outubro 14, 2010

Advogado é preso na Bahia por manter pornografia infantil

O advogado Carlos Eduardo Villares Barral, dono de um escritório em Salvador e coordenador do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Salvador (Steps), foi preso, na manhã de hoje, em sua casa, na capital baiana, acusado de produção e armazenamento de pornografia infantil.
Investigado pela Polícia Civil baiana durante a Operação Expresso - que analisa um suposto esquema de favorecimento de concessão de linhas rodoviárias a empresas, por meio de pagamentos ilícitos -, Barral teve os computadores e outros materiais de informática de seu escritório apreendidos por agentes em 24 de novembro e chegou a ser detido, depois que policiais encontraram uma arma sem registro em seu escritório.
Além dele, foram presas sete pessoas durante a operação, entre elas o ex-diretor executivo da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba), Antônio Lomanto Netto, e empresários do setor de transportes. Todos já foram liberados, mas a Secretaria de Segurança Pública informa que as investigações continuam.
Na época, o escritório Carlos Eduardo Villares Barral Advogados Associados ingressou na Justiça com uma liminar para tentar impedir a análise dos materiais do suspeito, alegando que os equipamentos armazenavam fotos íntimas da família.
A Justiça, então, determinou que as fotos pessoais não fossem analisadas, mas que os computadores fossem inspecionados para que se encontrassem provas de atuação criminosa.
Na vistoria em computadores, pen-drives e HDs externos, peritos encontraram fotos de crianças e adolescentes nuas, em poses sensuais. "São imagens pornográficas de meninas menores de idade, muitas feitas na própria casa do advogado", afirma o secretário de Segurança Pública da Bahia, César Nunes.
"Segundo análise técnica, as imagens são de meninas de entre 12 e 15 anos. Agora, vamos aprofundar as investigações para identificar se existiam conexões dele com redes de pornografia infantil."
A prisão temporária do advogado foi decretada ontem pela juíza Ana Queila Loula, da 1.ª Vara Criminal de Salvador. Os agentes detiveram Barral às 6 horas, no luxuoso apartamento do advogado, localizado no Corredor da Vitória - onde estão localizados os imóveis mais valorizados de Salvador.
Os policiais passaram o dia interrogando o suspeito. Segundo relatos de agentes do Centro de Operações Especiais da Polícia Civil (COE), onde Barral está detido, a sessão foi suspensa diversas vezes, porque o suspeito estava muito nervoso e chorava com frequência.
Até o fim do dia, ninguém atendeu no escritório do advogado. A Setps não quis comentar o caso. Uma amiga do suspeito, que não quis se identificar, porém, confirmou que Barral tinha interesse em fotografia, que encarava a atividade como hobby, que fazia fotos de adolescentes nuas e estava com a ideia de montar uma exposição de imagens que fez nos últimos anos.
Fonte:http://www.parana-online.com.br Data:08/01/2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é importante para nosso aperfeiçoamento e avaliação das demandas necessárias dos Agentes de Segurança Socioeducativos, contamos com a educação, o bom senso a o união de todos na construção de um sistema melhor e verdadeiramente eficiente.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

LEI DO PORTE DE ARMA PARA AGENTE

Vamos participar desta campanha para que nossa categoria tenha o porte de arma estabelecido em lei, não perca tempo.

Clik na imagem para participar

Os Agentes precisam dê seu voto

Os Agentes precisam dê seu voto
Participe da Petição Pública, clik na imagem acima.