"Agentes de Segurança Socioeducativo ajudem ao SINDSISEMG a melhorar as condições do Sistema Socioeducativo, filiem-se, acessem e participem dessa conquista.

terça-feira, abril 10, 2012

Guerra do tráfico deixa três feridos

Renata Tavares Repórter


Dois jovens de 18 e 19 anos e um menor de 15 anos foram baleados enquanto andavam de moto pela rua Pedro Quirino da Silva, no bairro Marta Helena, na noite de quarta-feira (4). A Polícia Militar conseguiu prender Fabrício Amorim Machado, 31 anos, e Ricardo Luis da Silva, 28, e apreender um menor de 16 anos, que são suspeitos de terem atirado nos dois jovens e no adolescente. A suspeita é que o crime esteja ligado à disputa por ponto de tráfico de drogas no bairro.

A ocorrência começou por volta das 22h, quando testemunhas disseram à Polícia Militar terem ouvido disparos de arma de fogo na rua citada. Os policiais chegaram no local, mas nada foi encontrado. 30 minutos depois o Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC/UFU) acionou a PM informando que três baleados deram entrada na unidade.

Dois deles, que estavam conscientes, contaram que um Golf preto emparelhou com eles na rua e o passageiro começou a disparar. O menor foi atingido no pé, o rapaz de 19 anos de raspão e o jovem de 18 anos na coxa esquerda, o quadro dele era considerado o mais grave, ambos não correm risco de morte. Uma quarta pessoa, que também estava em uma das motos, conseguiu sair sem ser atingido.

Após o relato, a polícia fez buscas pelas ruas do bairro e conseguiu localizar o carro informado. O passageiro do veículo, Ricardo da Silva, segundo o cabo Eduardo Pena, foi visto jogando a arma pela janela do veículo no quintal de uma casa enquanto fugiam da abordagem. “Conseguimos detê-los, voltamos na casa e apreendemos a arma”, disse.

No carro deles, duas marcas de tiro na porta do passageiro e o vidro traseiro quebrado. Segundo o cabo, os três disseram que os dois jovens e o menor atiraram primeiro. “As motos também estavam com marcas de tiro”, disse.

No boletim de ocorrência, Ricardo Silva disse aos policiais que a guerra não havia acabado e que os tiros foram pela disputa do território para venda de drogas. Já à reportagem, ninguém quis falar nada.

Segunda arma encontrada

A Polícia Militar encontrou na manhã de hoje uma arma calibre 38 ao lado da casa onde os rapazes e o adolescente foram baleados. A arma, segundo a PM, foi roubada no dia 20 de março de uma empresa. Ainda não foi confirmada a ligação do revólver encontrado à ocorrência, mas o mesmo será anexado ao boletim de ocorrência da tentativa de homicídio.

Fonte: http://www.correiodeuberlandia.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é importante para nosso aperfeiçoamento e avaliação das demandas necessárias dos Agentes de Segurança Socioeducativos, contamos com a educação, o bom senso a o união de todos na construção de um sistema melhor e verdadeiramente eficiente.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

LEI DO PORTE DE ARMA PARA AGENTE

Vamos participar desta campanha para que nossa categoria tenha o porte de arma estabelecido em lei, não perca tempo.

Clik na imagem para participar

Os Agentes precisam dê seu voto

Os Agentes precisam dê seu voto
Participe da Petição Pública, clik na imagem acima.