"Agentes de Segurança Socioeducativo ajudem ao SINDSISEMG a melhorar as condições do Sistema Socioeducativo, filiem-se, acessem e participem dessa conquista.

quinta-feira, janeiro 26, 2012

Justiça condena jovens que mataram empresária em Uberlândia

Mulher de 26 anos foi estuprada e assassinada a tiros em na BR-452 após ser levada pelos suspeitos da porta da academia que frenquentava, no Centro da cidade.


Cristiane Silva

A Justiça condenou Nilson Rodrigues, de 19 anos, e Leandro Martins da Conceição, de 18, a 29 e 31 anos de prisão, respectivamente, pelo latrocínio e estupro da empresária Jussara Carolina de Paula Favarini, de 26 anos, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. Segundo o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), a sentença da 3ª Vara Criminal da cidade foi divulgada no último dia 13.

O crime ocorreu em 16 de junho do ano passado. Os suspeitos foram detidos dois dias depois, confessaram o crime e foram indiciados por latrocínio. Segundo o delegado regional de Uberlândia, Samuel Barreto de Souza, informou na época,os suspeitos foram de ônibus até o Centro da cidade para praticar um roubo, sem vítima certa.

Jussara foi abordada por eles na porta da academia que frequentava, enquanto calçava um par de meias com a porta do carro aberta. Eles a obrigaram a entrar no veículo e circularam pela cidade para que ela fizesse um saque no banco. Jussara teria dito que não tinha dinheiro. Os suspeitos levaram a vítima para uma estrada vicinal próxima à BR-452, onde ela brigou com os suspeitos e acabou desmaiando após ser estrangulada por um deles. Enquanto estava desacordada, ela foi estuprada e morta com dois tiros na nuca. O corpo foi encontrado por dois caminhoneiros.

Ainda de acordo com o delegado regional, as pistas dos criminosos surgiram depois que o veículo foi encontrado na BR-050. “O carro ainda estava com os suspeitos mas, quando viram na TV que o corpo de Jussara tinha sido encontrado, eles levaram o carro para a rodovia, no Bairro Brasil”. As câmeras de segurança de uma empresa às margens da rodovia flagraram o momento em que os dois abandonaram o carro. Horas antes, Leandro e Nilson viajaram para Corumbaíba, em Goiás, onde jogaram fora os documentos da vítima e do carro. Eles foram presos em Minas e levados para o Presídio Jaci de Assis, em Uberlândia.
Fonte: http://www.em.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é importante para nosso aperfeiçoamento e avaliação das demandas necessárias dos Agentes de Segurança Socioeducativos, contamos com a educação, o bom senso a o união de todos na construção de um sistema melhor e verdadeiramente eficiente.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

LEI DO PORTE DE ARMA PARA AGENTE

Vamos participar desta campanha para que nossa categoria tenha o porte de arma estabelecido em lei, não perca tempo.

Clik na imagem para participar

Os Agentes precisam dê seu voto

Os Agentes precisam dê seu voto
Participe da Petição Pública, clik na imagem acima.