"Agentes de Segurança Socioeducativo ajudem ao SINDSISEMG a melhorar as condições do Sistema Socioeducativo, filiem-se, acessem e participem dessa conquista.

segunda-feira, janeiro 02, 2012

Anexo

Morte por medicamento errado.

1º Caso:

Bebê morre após receber medicação errada em pronto-socorro
Enfermeira aplicou Dipirona ao invés de Dramin em menina de 8 meses
08/12/2011 - 1

EPTV.com - Michel Amorim

Uma menina de 8 meses morreu no pronto-socorro administrado pela Fundação Beneficente de Pedreira (Fundep), que fica no prédio do hospital Consaúde, após receber medicação diferente da prescrita pelo médico na tarde de quarta-feira (7). A Secretaria Municipal de Saúde confirma que a enfermeira que cuidava do bebê errou na aplicação do remédio. Uma sindicância foi aberta nesta quinta-feira (8) para apurar o caso. Segundo a secretária de Saúde, Ana Goulart, o hospital vai aguardar o laudo conclusivo do Instituto Médico Legal (IML) para saber se a morte do bebê está ligada ao fato do medicamento ter sido aplicado errado. A profissional deve ser afastada durante as investigações.
Segundo relato da família, Camily Euzébio da Costa passou mal e foi levada para o PS, que fica na Vila Canesso. O médico que a atendeu receitou a aplicação de Dramin, mas a enfermeira ministrou Dipirona no bebê. Cerca de uma hora depois, a criança morreu, de acordo com os parentes. O advogado de defesa da família, Luiz Carlos de Freitas, informou que somente após o laudo do IML será decidido com que tipo de ação entrará na Justiça contra o pronto-socorro e os responsáveis pelo erro.
O laudo preliminar do IML de Mogi Guaçu apontou que a menina morreu após uma parada cardíaca, decorrente do aumento de pressão sanguínea. O resultado, no entanto, não aponta se a causa da morte foi o remédio aplicado. O resultado conclusivo deve sair em 30 dias.
O corpo da criança está sendo velado na capela do Cemitério Municipal de Pedreira. O enterro será no mesmo local, às 16h30.
Fonte: http://eptv.globo.com/noticias/NOT,1,50,383005,Bebe+morre+apos+receber+medicacao+errada+em+pronto-socorro+de+Pedreira.aspx

2º Caso

Idosa morre após receber medicamento errado

Ter, 06 de Dezembro de 2011

A Polícia Civil investiga a morte de uma idosa que teria recebido um medicamento errado no Hospital São José, em Botelhos, no Sul de Minas. Depois de sofrer um ferimento, ao pisar em um prego, a suspeita é de que a pensionista Geralda Conceição de Carvalho, de 71 anos, tenha recebido uma injeção de relaxante muscular para uso cirúrgico ao invés de uma vacina antitetânica. O caso aconteceu em novembro, mas só veio à tona após uma denúncia anônima feita por meio de uma carta.
Segundo a polícia, a pensionista teria recebido a dose apenas quatro dias depois de receber o hospital, pois a medicação estaria em falta. E quando recebeu, o medicamento não era o que deveria ter sido aplicado. Depois de medicada, a idosa passou mal na rua e foi levada de volta ao hospital, quando foi constatada a morte. No atestado de óbito, consta uma trombose coronariana e outra pulmonar como causas da morte.
Funcionários do hospital já foram ouvidos pela Polícia Civil. Uma enfermeira e uma técnica de enfermagem que teriam participado do atendimento à pensionista, ainda vão prestar depoimento. No último sábado (3), o corpo da pensionista foi exumado. Exames vão identificar qual substância foi realmente aplicada na paciente.

Fonte: http://www.serradasaguas.com/index.php/noticias/96-destaques/5206-idosa-morre-apos-receber-medicamento-errado.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é importante para nosso aperfeiçoamento e avaliação das demandas necessárias dos Agentes de Segurança Socioeducativos, contamos com a educação, o bom senso a o união de todos na construção de um sistema melhor e verdadeiramente eficiente.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

LEI DO PORTE DE ARMA PARA AGENTE

Vamos participar desta campanha para que nossa categoria tenha o porte de arma estabelecido em lei, não perca tempo.

Clik na imagem para participar

Os Agentes precisam dê seu voto

Os Agentes precisam dê seu voto
Participe da Petição Pública, clik na imagem acima.