"Agentes de Segurança Socioeducativo ajudem ao SINDSISEMG a melhorar as condições do Sistema Socioeducativo, filiem-se, acessem e participem dessa conquista.

terça-feira, setembro 20, 2011

Garota de 11 anos morre de overdose

Menina, que foi encontrada agonizando, teria consumido loló e maconha

A rua Campo Alegre, localizada no bairro do Ibura, amanheceu mais triste ontem. Após consumir doses desconhecidas de loló e maconha, uma criança de 11 anos, identificada como Rafaela Freitas Nunes, morreu de overdose durante a madrugada. Quem forneceu a droga para a menina, e outros dois menores de 14 anos, foi o biscateiro Adjailson Vicente da Silva, de 22 anos, morador da localidade, que foi preso pela Polícia Militar na tarde de ontem ainda quando estava em casa. Segundo informações de familiares da vítima, a garota seria levada para um casarão do bairro, que costumava ser usado como ponto de uso de drogas e prática de sexo, quando foi localizada na rua por uma de suas irmãs.
“Eu estava passando com minha outra irmã e meu cunhado, quando a vi já estava caída no chão. Ela começou a agonizar e eu ficava sentindo se ela tinha pulso. Era só o que eu falava: ela ainda tem pulso! ela ainda tem pulso! Mas depois ela já ficou com a boca roxinha e a mão gelada. Aí eu vi que ela tinha morrido”, contou a irmã, que também é adolescente e admitiu ser usuária dos mesmos entorpecentes. A menor chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levada para a Policlínica Arnaldo Marques, no bairro, mas já chegou à unidade de saúde sem vida.
Segundo a outra irmã da vítima, também menor de idade, a menina não tinha contato com o acusado e esta teria sido a primeira vez que ela consumiu drogas. “Ela não andava com ele e nunca tinha usado drogas, não. Ela era direita, era estudante da quarta série primária. Era uma criança tranquila, ia pra igreja e tudo, mas eu tenho certeza que ela morreu porque deram muita droga pra ela. Acho que ela cheirou muito e não aguentou”, afirmou.
De acordo com o delegado Marcos Pereira, Adjailson é um traficante bastante conhecido na região e, por isso, não era benquisto na vizinhança. “Ele já é famoso por tráfico na redondeza. A nossa suspeita é de que a menina seria levada para este casarão onde depois ocorreria prática sexual. Como ele (o acusado) estava com três menores, será autuado por homicídio qualificado e aliciamento de menores”, disse. “Ainda estamos aguardando o resultado da necropsia para saber a causa da morte, mas acredito que tenha sido por vários fatores. A menina era nova, devia estar mal alimentada e deve ter usado muita droga, por isso não resistiu”, completou o delegado. O corpo de Rafaela deverá ser liberado ainda hoje do Instituto de Medicina Legal (IML), para ser velado e enterrado. Adjailson Vicente da Silva foi encaminhado para o Centro de Triagem de Abreu e Lima.


Fonte: http://www.folhape.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é importante para nosso aperfeiçoamento e avaliação das demandas necessárias dos Agentes de Segurança Socioeducativos, contamos com a educação, o bom senso a o união de todos na construção de um sistema melhor e verdadeiramente eficiente.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

LEI DO PORTE DE ARMA PARA AGENTE

Vamos participar desta campanha para que nossa categoria tenha o porte de arma estabelecido em lei, não perca tempo.

Clik na imagem para participar

Os Agentes precisam dê seu voto

Os Agentes precisam dê seu voto
Participe da Petição Pública, clik na imagem acima.