"Agentes de Segurança Socioeducativo ajudem ao SINDSISEMG a melhorar as condições do Sistema Socioeducativo, filiem-se, acessem e participem dessa conquista.

sexta-feira, setembro 09, 2011

Pistoleiros matam 15 adolescentes em festa no México

Chacina aconteceu eu Ciudad Juárez, a mais violenta do país, na fronteira com os EUA
Ao menos 15 jovens morreram e outros oito ficaram feridos na noite desta sexta-feira (22) em Ciudad Juárez, a mais violenta do México. A chacina, na cidade que faz fronteira com os Estados Unidos, ocorreu quando um comando armado invadiu uma festa e disparou indiscriminadamente, informou o jornal Juárez Hoy em seu site.

O ataque ocorreu por volta das 23h30 no horário local (2h30 deste sábado em Brasília) em uma casa, onde vários corpos permaneciam empilhados à espera das autoridades judiciais.

Ao menos 11 jovens morreram na hora. Uma adolescente morreu enquanto era transferida e outros três no hospital. Entre os oito feridos, há uma menina de sete anos.

Testemunhas afirmaram que os corpos e os feridos eram tantos que faltaram ambulâncias da Cruz Vermelha para prestar socorro. Por isso, a adolescente, de 15 anos, foi transferida em uma caminhonete do serviço médico legista, na qual acabou morrendo instantes antes de receber atendimento médico.

O fotógrafo da Efe que foi ao local verificou os corpos empilhados protegidos por sacos plásticos pretos.
Em um fato similar, outros 15 jovens foram assassinados por um grupo de matadores de aluguel enquanto realizavam uma festa em 31 de janeiro deste ano, também em Ciudad Juárez. Várias pessoas já foram detidas por envolvimento com esse massacre.

Os cartéis de narcotráfico disputam há vários anos o controle da cidade, na fronteira com El Paso (no Texas, EUA). Neste ano, já foram contabilizados mais de 2.300 assassinatos, com média de nove mortes por dia, em Ciudad Juárez.

Policiais encontram seis corpos em estrada

Em outro incidente grave, policiais mexicanos encontraram seis corpos - com sinais de tortura - na margem de uma estrada no povoado San Isidro Gallinero, próximo ao balneário de Acapulco.

Os assassinos deixaram em um dos cadáveres uma mensagem na qual assinalam que os mortos eram colaboradores do narcotraficante Edgar Valdez Villarreal, conhecido como "La Barbie" e que foi preso no fim de agosto.

Na mensagem, outras três pessoas são ameaçadas, também supostas colaboradoras do traficante e que integram o grupo criminoso dos irmãos Beltrán Leyva, do qual "La Barbie" havia se desligado no início do ano.

Fonte:http://noticias.r7.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é importante para nosso aperfeiçoamento e avaliação das demandas necessárias dos Agentes de Segurança Socioeducativos, contamos com a educação, o bom senso a o união de todos na construção de um sistema melhor e verdadeiramente eficiente.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

LEI DO PORTE DE ARMA PARA AGENTE

Vamos participar desta campanha para que nossa categoria tenha o porte de arma estabelecido em lei, não perca tempo.

Clik na imagem para participar

Os Agentes precisam dê seu voto

Os Agentes precisam dê seu voto
Participe da Petição Pública, clik na imagem acima.