"Agentes de Segurança Socioeducativo ajudem ao SINDSISEMG a melhorar as condições do Sistema Socioeducativo, filiem-se, acessem e participem dessa conquista.

terça-feira, fevereiro 08, 2011

Suspeito de matar adolescente planejou estupro no 1º encontro

EPTV
24 de Janeiro de 2011


O suspeito de matar uma adolescente de 17 anos no início de janeiro na CDHU da Vila Isabel, em São Carlos, planejou o estupro da vítima no primeiro encontro marcado pela internet, segundo investigações da Polícia Civil.
De acordo com o delegado que investiga o caso, Edmundo Ferreira Gomes, o acusado Cristiano Salvador Barbosa, de 27 anos, foi indiciado por homicídio qualificado, pois matou por motivo torpe, com crueldade e por meio da traição.

Gomes, que foi preso na noite de sábado (22), ainda confessou que violentou Daiane Maria Camargo Teodoro Reis antes de matá-la. Ele ainda disse que matou a jovem porque não queria ser denunciado pelo estupro.
Durante a manhã desta segunda-feira (24), o acusado prestou depoimento na Delegacia de Investigações Gerais (DIG). Depois ele foi levado pelos policiais que saíram em busca de mais indícios do crime.
Segundo o delegado, o rapaz confessou o crime e deu detalhes do que aconteceu no dia. Ele morava no mesmo condomínio onde a adolescente estava, mas o contato entre eles era pela internet, através do serviços de mensagens instantâneas, o MSN.
A polícia teve acesso às conversas. Em novembro, ele pediu para ser incluído na lista de conversas dela e, desde então, passaram a se falar pelo computador. O primeiro encontro, segundo o delegado, foi no dia do crime e ele já tinha a intenção de estuprá-la. “Ele estava disposto a tudo e já tinha planejado”, explicou Gomes.
Daiane trabalhava como babá na casa do irmão no dia 7 de janeiro. Ela sofreu violência sexual e foi morta em seguida. O corpo foi encontrado com cortes e as mãos e os pés estavam amarrados com fios de cobre. O irmão de Daiane, Israel de Camargo Teodoro, foi um dos primeiros a encontrá-la.
Ele já conhecia o criminoso e ficou surpreso com o resultado da investigação. “Todo dia eu chegava do serviço e via ele lá. Nunca imaginei que ele tivesse a capacidade de fazer o que fez”, lamentou.
O delegado ainda afirmou que Gomes já tinha passagem pela polícia por estupro, mas que possuía uma vida estabilizada.
A polícia ainda não divulgou o presídio para o qual o acusado será levado.


Fonte:http://www.saocarlosoficial.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é importante para nosso aperfeiçoamento e avaliação das demandas necessárias dos Agentes de Segurança Socioeducativos, contamos com a educação, o bom senso a o união de todos na construção de um sistema melhor e verdadeiramente eficiente.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

LEI DO PORTE DE ARMA PARA AGENTE

Vamos participar desta campanha para que nossa categoria tenha o porte de arma estabelecido em lei, não perca tempo.

Clik na imagem para participar

Os Agentes precisam dê seu voto

Os Agentes precisam dê seu voto
Participe da Petição Pública, clik na imagem acima.