"Agentes de Segurança Socioeducativo ajudem ao SINDSISEMG a melhorar as condições do Sistema Socioeducativo, filiem-se, acessem e participem dessa conquista.

sábado, setembro 03, 2011

Adolescentes estupram garota e postam na internet vídeo do crime

Publicado em Agosto 23


Cascavel – A Polícia Federal (PF) investiga o caso de um estupro coletivo de uma adolescente de 14 anos por cinco jovens, quatro deles, seriam menores, que postaram as imagens do crime na internet. O abuso ocorreu há cerca de 15 dias em um imóvel em construção na cidade Cascavel, e foi denunciado pelo Conselho Tutelar. De acordo com a policia, após receber a denúncia na terça-feira da semana passada, a PF salvou as imagens para incluir no inquérito e solicitou a Google, dona da página do Youtube, que retirasse o vídeo do ar. O conteúdo, segundo ele, é chocante.
No domingo, a PF apreendeu um computador e o celular usado para gravar o crime. Uma blusa de cor vermelha usada por um dos jovens no dia do estupro também foi apreendida. Três envolvidos foram ouvidos e liberados por não estarem em flagrante. A polícia diz que no decorrer das investigações, se for necessário, pedirá a prisão preventiva dos acusados.

Os cinco jovens envolvidos no abuso sexual e o rapaz que filmou o estupro já foram identificados. Todos têm idade entre 16 e 20 anos. Em depoimento, a garota disse que os rapazes fizeram ameaças com uma faca. Os suspeitos vão responder por estupro de vulnerável e por produzir as imagens. O Estatuto da Criança e do Adolescente prevê pena de 1 a 4 anos para quem produzir imagens de crianças e adolescentes em cenas de sexo.

As imagens foram postadas cinco dias após o abuso. A mãe da menina ficou sabendo do fato por meio da direção da escola em que a jovem estuda, local em que chegou uma denúncia sobre o abuso. A mãe foi chamada na escola e assistiu às cenas chocantes. O crime ocorreu na casa de uma amiga, no período em que ela havia se ausentado. Segundo a mãe, nas imagens aparecem os rapazes com as calças abaixadas e mantendo relação sexual com a adolescente, mas os rostos não aparecem.

A Polícia Civil também investiga o caso e o inquérito, que dever concluído em 30 dias, está sob segredo de Justiça. A vítima foi encaminhada ao IML (Instituto Médico Legal) e passou por exames de conjunção carnal. Os resultados dos exames ainda não ficaram prontos. (Umuarama Ilustrado)

Fonte:http://barradascomunicacao.wordpress.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é importante para nosso aperfeiçoamento e avaliação das demandas necessárias dos Agentes de Segurança Socioeducativos, contamos com a educação, o bom senso a o união de todos na construção de um sistema melhor e verdadeiramente eficiente.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

LEI DO PORTE DE ARMA PARA AGENTE

Vamos participar desta campanha para que nossa categoria tenha o porte de arma estabelecido em lei, não perca tempo.

Clik na imagem para participar

Os Agentes precisam dê seu voto

Os Agentes precisam dê seu voto
Participe da Petição Pública, clik na imagem acima.