"Agentes de Segurança Socioeducativo ajudem ao SINDSISEMG a melhorar as condições do Sistema Socioeducativo, filiem-se, acessem e participem dessa conquista.

sábado, setembro 03, 2011

Menor atira em outro por causa de ex


Suspeito disse que estava sendo ameaçado pelo rival

ADÚLCCIO LUCENA


Um crime passional. É assim que a polícia está encarando a tentativa de homicídio que aconteceu na noite da última segunda-feira, em Olinda. De acordo com a polícia, um adolescente de 16 anos disparou quatro tiros contra outro menor, de 17 anos. O crime aconteceu próximo ao Colégio Professora Inês Borba, na 2ª etapa de Rio Doce, onde os adolescen­tes estudam. Ainda segundo os policiais, o suspeito é ex-namorado da atual companheira da vítima. O adolescente, de 17 anos, foi atingido por um tiro nas costas e foi levado para o Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, área central do Recife.

Policiais do Grupo de Apoio Tático Itinerante do 1º BPM receberam a ocorrência e disseram que quando chegaram ao local, a vítima já estava caída no chão. “Quando chegamos ao local o menor já estava ferido. Socorremos a vítima e voltamos para o local do crime. Seguindo as características do suspeito, chegamos ao autor dos disparos. Ele confessou que atirou no adolescente e apontou um homem que teria alugado a arma a ele. Infelizmente, não conseguimos encontrar a arma”, detalhou o soldado Clenio Cruz, do 1º BPM.

O adolescente suspeito foi encaminhado para a Gerência de Polícia da Criança e do Adolescente (GPCA), na rua Fernandes Vieira, no Centro do Recife. “Eu recebi várias ameaças da minha ex-namorada, que mandava men­sagem para meu celular dizendo que o namorado dela iria me matar. Mandou mensagem para minha mãe, também. Quando foi hoje eu fiquei sabendo que ele estava no colégio e aluguei a arma por R$ 50. Perdi a cabeça e atirei nele. Depois, fui para a minha casa esperar a polícia. Estou arrependido”, disse o adolescente.

A polícia conseguiu localizar o suspeito de ter alugado a arma ao menor. Michel Roberto da Silva, de 21 anos. O suspeito, que já pagou pena por roubo, nega que tenha alugado o revólver ao adolescente. “Não aluguei nada a ele. Ele está mentindo. Sou viciado em droga e estava no local porque fui comprar pedra para fumar. Moro em Peixinhos e não tenho nada com isso”, defendeu-se Michel. O delegado de plantão da GPCA, Carlos Barbosa, recebeu o caso e explicou os procedimentos adotados. “O autor do fato, o adolescente infrator, será autuado por tentativa de homicídio. Ele confessa o crime. Já o maior será autuado e encaminhado ao presídio” disse.

A família do adolescente ferido foi ao hospital em busca de notícias. “Fiquei sabendo através de uma ligação. Fui tentar socorrê-lo, mas nenhum carro parava. A polícia levou meu irmão para o hospital. Minha mãe está dopada e tomando remédios”, falou muito nervosa a irmã da vítima. O adolescente, de 16 anos, foi encaminhado à Unidade de Atendimento Inicial da Funase. Já Michel Roberto da Silva, de 21 anos, foi ecaminhado para o Centro de Triagem de Abreu e Lima. Até o fechamento dessa matéria o estado de saúde do menor ferido era estável. Ele passou por cirurgia e não corre risco de morrer.

Fonte:http://www.folhape.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é importante para nosso aperfeiçoamento e avaliação das demandas necessárias dos Agentes de Segurança Socioeducativos, contamos com a educação, o bom senso a o união de todos na construção de um sistema melhor e verdadeiramente eficiente.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

LEI DO PORTE DE ARMA PARA AGENTE

Vamos participar desta campanha para que nossa categoria tenha o porte de arma estabelecido em lei, não perca tempo.

Clik na imagem para participar

Os Agentes precisam dê seu voto

Os Agentes precisam dê seu voto
Participe da Petição Pública, clik na imagem acima.