"Agentes de Segurança Socioeducativo ajudem ao SINDSISEMG a melhorar as condições do Sistema Socioeducativo, filiem-se, acessem e participem dessa conquista.

sexta-feira, fevereiro 24, 2012

Preso foge pela porta da frente de delegacia

Allan de Abreu

O traficante Onivaldo Pereira da Silva, o Prego, 43 anos, fugiu pela porta da frente da Delegacia de Guapiaçu, depois que parentes dele abriram a cela, sem cadeado. A fuga, cinematográfica, ocorreu na madrugada da última segunda-feira de Carnaval. A Corregedoria da Polícia Civil investiga o caso. Às 23h30 de domingo, a Polícia Militar abordou um jovem com uma pedra de crack na periferia da cidade. Ele disse ter adquirido o entorpecente de Prego. Na casa dele, os policiais apreenderam 25 pedras de crack, 40 gramas de maconha e R$ 40 em dinheiro, e prenderam o traficante em flagrante.

Os PMs chegaram à delegacia com Prego algemado por volta da meia-noite e meia de segunda, depois de acionar a escrivã Jane Almeida Domingues Lázaro, que estava em casa. Prego foi deixado, sem algemas, em uma cela nos fundos da delegacia, sem cadeado na porta - como o dispositivo de abertura fica na parede ao lado da cela, não é possível ao preso abri-la sozinho.

Acionado, o delegado-titular de Guapiaçu, Hélio Fernandes dos Reis, chegou ao local por volta das 2h, e decidiu que, antes de elaborar o flagrante, iria até Rio Preto para que o Instituto de Criminalística (IC) comprovasse oficialmente que o produto apreendido pela PM era droga. O procedimento mais comum, de acordo com a PM, é que primeiro seja feito o flagrante na delegacia, para em seguida a droga ser remetida ao IC. Os policiais então voltaram à base da PM, e a escrivã ficou sozinha na delegacia com Prego aguardando a volta do delegado - o investigador de plantão não havia sido localizado naquele dia.

Logo em seguida à saída do delegado, começaram a chegar no local parentes do traficante - uma irmã, um sobrinho e um cunhado. Um deles teria aproveitado um momento de distração de Jane e aberto a cela onde Prego estava. O traficante não titubeou: fugiu pela porta da frente da delegacia, única aberta naquele horário. Até as 20h de ontem, não havia sido localizado. “Fizemos a nossa parte ao prender o indivíduo. Agora, teremos de correr atrás dele novamente”, afirma o sargento Júnior Pereira Cardoso, da PM de Guapiaçu. Procurados pela corporação, os parentes de Prego negaram que tivessem auxiliado o traficante a fugir.

Prego é um traficante conhecido na cidade. Tem passagens por tráfico, furto e posse ilegal de arma, segundo a PM. Na última década, chegou a fugir da Cadeia Pública de Severínia, mas foi recapturado. Tanto o delegado quanto a escrivã foram ouvidos na segunda-feira pela Corregedoria da Polícia Civil. Segundo o delegado Laércio Ceneviva Filho, será investigada a responsabilidade do delegado e dos funcionários da delegacia no episódio. Procurados ontem, nem o delegado Reis nem a escrivã Jane quiseram comentar o assunto.

Fonte: http://www2.diarioweb.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é importante para nosso aperfeiçoamento e avaliação das demandas necessárias dos Agentes de Segurança Socioeducativos, contamos com a educação, o bom senso a o união de todos na construção de um sistema melhor e verdadeiramente eficiente.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

LEI DO PORTE DE ARMA PARA AGENTE

Vamos participar desta campanha para que nossa categoria tenha o porte de arma estabelecido em lei, não perca tempo.

Clik na imagem para participar

Os Agentes precisam dê seu voto

Os Agentes precisam dê seu voto
Participe da Petição Pública, clik na imagem acima.