"Agentes de Segurança Socioeducativo ajudem ao SINDSISEMG a melhorar as condições do Sistema Socioeducativo, filiem-se, acessem e participem dessa conquista.

sábado, fevereiro 25, 2012

Vândalos de escola detidos

Três dos seis adolescentes apreendidos são alunos da instituição.

RICARDO VASCONCELOS
falesuper@supernoticia.com.br

Depois de uma série de arrombamentos seguidos de vários atos de vandalismo contra a Escola Municipal Maria Silva Lucas, o Caic Laguna, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, os moradores da comunidade se revoltaram e resolveram denunciar os responsáveis pelas ações. Tratam-se de seis adolescentes, sendo que três são alunos da instituição. Todos foram apreendidos na manhã de ontem pela Polícia Militar.

"Sinto uma vergonha muito grande. Eu trabalho, temos tudo em casa e não há motivo para o que ele fez", disse, com os olhos cobertos de lágrimas, uma dona de casa de 45 anos, mãe de um adolescente de 16, ex-aluno da escola.

Um dos outros envolvidos que chamou a atenção da Polícia Militar é um menino de apenas 12 anos, com pouco mais de 1 m de altura. "Ao que tudo indica, por ser menor, ele passava pelas frestas e janelas para abrir as portas para os maiores", explicou o cabo Flávio Corsino, da 131ª Companhia do 18º Batalhão da Polícia Militar (BPM).

Segundo Corsino, os adolescentes foram apreendidos depois que moradores fizeram denuncias no 181. "A comunidade ficou revoltada com os seguidos ataques à escola. Nossa resposta foi dada com a apreensão dos menores infratores", disse.

Destruição


Segundo a Polícia Militar, durante quatro dias seguidos do Carnaval e na madrugada de anteontem, os adolescentes invadiram a escola e realizaram várias pichações, além de destruir alimentos e equipamentos. Ontem e anteontem, não foi possível ter aulas por causa do estado precário em que a escola ficou. Nesta semana, foram instaladas câmeras de segurança para ajudar a identificar os vândalos. A direção da escola não foi encontrada pela reportagem para falar sobre o que vai fazer com os alunos envolvidos. A mãe de um dos suspeitos, a dona de casa Andréia Eugênia, de 39 anos, adiantou que vai transferir o filho. "É muita vergonha. Não tem como deixá-lo estudando lá", lamentou. (RV)

Fonte: http://www.otempo.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é importante para nosso aperfeiçoamento e avaliação das demandas necessárias dos Agentes de Segurança Socioeducativos, contamos com a educação, o bom senso a o união de todos na construção de um sistema melhor e verdadeiramente eficiente.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

LEI DO PORTE DE ARMA PARA AGENTE

Vamos participar desta campanha para que nossa categoria tenha o porte de arma estabelecido em lei, não perca tempo.

Clik na imagem para participar

Os Agentes precisam dê seu voto

Os Agentes precisam dê seu voto
Participe da Petição Pública, clik na imagem acima.