"Agentes de Segurança Socioeducativo ajudem ao SINDSISEMG a melhorar as condições do Sistema Socioeducativo, filiem-se, acessem e participem dessa conquista.

quinta-feira, julho 05, 2012

PMMG quer humanizar abordagem a usuários de drogas



O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Márcio Martins Sant'Anna, defendeu, durante a visita da comissão Especial para o Enfrentamento do Crack da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, que o trabalho feito com os usuários de drogas no Estado não deve ser apenas repressivo, e sim mais humanizado. O encontro aconteceu nesta segunda-feira (2/7/12), no Comando Geral, localizado na Cidade Administrativa, e teve o objetivo de solicitar a interação entre a corporação e os chamados Consultórios de Rua, que prestam assistência a dependentes químicos em situação de rua.
Sant'Anna explicou que a PMMG já procura realizar abordagens qualificadas e que o Governo do Estado conta com programas que possibilitam melhorar o encaminhamento dos usuários de drogas. Ele acredita, entretanto, que nenhuma ação será eficaz sem a integração com os sistemas de saúde, educação e o Poder Judiciário. “A Assembleia está elevando a discussão, por isso temos a esperança de que possamos aperfeiçoar nosso trabalho e aumentar a interlocução entre os entes federados”, salientou. O comandante-geral citou, ainda, os trabalhos feitos pelos programas “Crack, é possível vencer” e “Proerd”, e disse que há vontade política para que os problemas gerados pelo tráfico sejam minimizados.
Durante a visita, o responsável pela Coordenação de Operações e de Treinamento do Proerd, capitão Hudson Ferraz, sugeriu que seja feito um seminário com o intuito de promover o compartilhamento de experiências entre a PMMG e os Consultórios de Rua. Segundo ele, a corporação quer melhorar a humanização das abordagens e, desde 2011, modificou seus procedimentos com pessoas sob surto por dependência química.
Resultados efetivos – O presidente da Comissão Especial para o Enfrentamento do Crack, deputado Paulo Lamac (PT), solicitou o esforço da Polícia Militar neste alinhamento de informações com os Consultórios de Rua, e citou experiências bem sucedidas de combate às drogas nos Estados Unidos e Portugal. Para ele, é possível que essas ações sejam implantadas em Minas Gerais, desde de que haja um esforço conjunto para que a legislação seja alterada. “Precisamos encontrar maneiras de tornar a abordagem mais humana e menos punitiva. Nosso sistema penitenciário está lotado e, muitas vezes, por pequenos distribuidores e usuários que não afetam o tráfico em larga escala”, disse. O parlamentar destacou que a comissão especial pretende ser concluída levando propostas objetivas para que a realidade das drogas seja mudada em Minas e no País.
Fonte e foto: ALMG

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é importante para nosso aperfeiçoamento e avaliação das demandas necessárias dos Agentes de Segurança Socioeducativos, contamos com a educação, o bom senso a o união de todos na construção de um sistema melhor e verdadeiramente eficiente.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

LEI DO PORTE DE ARMA PARA AGENTE

Vamos participar desta campanha para que nossa categoria tenha o porte de arma estabelecido em lei, não perca tempo.

Clik na imagem para participar

Os Agentes precisam dê seu voto

Os Agentes precisam dê seu voto
Participe da Petição Pública, clik na imagem acima.