"Agentes de Segurança Socioeducativo ajudem ao SINDSISEMG a melhorar as condições do Sistema Socioeducativo, filiem-se, acessem e participem dessa conquista.

sexta-feira, junho 24, 2011

Rebelião que matou agente é 'reflexo da superlotação' nos presídios de MT

Da Redação - Priscilla Vilela
O real motivo que teria causado a rebelião e resultado no confronto entre agentes prisionais e presidiários da Penitenciária Central do Estado (PCE) – antigo Pascoal Ramos – é considerado como mais um reflexo da superlotação nas unidades prisionais. A falta de estrutura da instituição imposta aos cerca de 420 detentos da unidade é um dos componentes de um barril de pólvora que a qualquer momento pode estourar novamente.

“(Os presidídios) São um barril tão perigoso e potente que uma hora ou outra pode estourar", avaliou o defensor público Marcos Antônio Rondon, em entrevista exclusiva ao Olhar Direto.

O defensor acompanhou parte da movimentação que deixou três pessoas feridas e um agente prisional morto na tarde desta segunda-feira (20). Para ele, a complexidade da situação que envolve os presídios não só em Mato Grosso, mas em todo o país, chegou a um limite tão grande que algumas medidas precisam ser tomadas antes que outras rebeliões graves continuem a estourar por todo o estado. “A causa é complexa e histórica”, defende.

Já o juiz Gonçalo Antunes Barros foi mais cauteloso em apontar as causas do ‘acidente’ e pediu calma por parte da sociedade no momento de crise. “Mato Grosso tem feito esforços para resolver o problema de superlotação dentro da lei, com ética e de forma constitucional”.

A necessidade de humanização no sistema prisional também foi reforçada pelo juiz, que lembrou que o remanejamento de reeducandos já foi solicitado pela justiça, mas que a conclusão do trabalho é complicada já que a superlotação afeta todas as unidades do estado.

A logística de transferência já estaria sendo trabalhada, entretanto, ainda encontra na falta de orçamento como um impedimento para a resolução do problema. “Na PCE a superlotação é superior a das outras unidades”, reforçou Gonçalo Antunes. Já o defensor Marcos Rondon, lembrou a historicidade do problema e reforçou que a ‘conta’ não seja debitado apenas a um governo específico.

Somente nos últimos três dias, três rebeliões movimentaram o interior do estado e a capital, reforçando ainda mais a necessidade de amplificação na estrutura dos presídios. Na tarde de hoje, um agente prisional acabou morto após ser arrastado por reeducandos para dentro de uma cela durante a transferência de presos de uma unidade para outra.

Fonte:http://www.olhardireto.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é importante para nosso aperfeiçoamento e avaliação das demandas necessárias dos Agentes de Segurança Socioeducativos, contamos com a educação, o bom senso a o união de todos na construção de um sistema melhor e verdadeiramente eficiente.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

LEI DO PORTE DE ARMA PARA AGENTE

Vamos participar desta campanha para que nossa categoria tenha o porte de arma estabelecido em lei, não perca tempo.

Clik na imagem para participar

Os Agentes precisam dê seu voto

Os Agentes precisam dê seu voto
Participe da Petição Pública, clik na imagem acima.