"Agentes de Segurança Socioeducativo ajudem ao SINDSISEMG a melhorar as condições do Sistema Socioeducativo, filiem-se, acessem e participem dessa conquista.

domingo, dezembro 11, 2011

Adolescente atira e mata irmão com pistola

Por: Izabel Barrizon, repórter do GD


Um adolescente de 15 anos atirou e matou acidentalmente o irmão de 17, enquanto “brincavam” com uma arma de fogo, em Santo Antônio do Leverger (34 km ao sul de Cuiabá). A fatalidade teria acontecido quando os adolescentes estavam brincando de tiro ao alvo com uma espingarda de pressão, em uma chácara localizada no município.

Segundo o delegado Sidney Caetano de Paiva, na chácara também estava o policial civil Clayton Pereira de Souza, que é amigo da família dos jovens e também praticou tiro ao alvo com os adolescentes. Em um momento, o policial que possui uma pistola, deixou a arma em cima de um armário. Foi então que os jovens pegaram à arma e começaram a atirar com a pistola que é semiautomática. Quando o irmão M.P.M, 15 foi passar a arma para Rodolfo de Paula Moura, 17, a arma disparou e atingiu o abdome do adolescente.

Ainda segundo o delegado, o irmão que atirou está muito abalado, assim como a família. Eles moram na avenida dos Trabalhadores, em Cuiabá e trabalhavam como camelôs. O policial civil também trabalha e reside na Capital.

Ele foi detido e ouvido pela polícia de Santo Antônio, e mais tarde liberado. Conforme o diretor metropolitano da Polícia Civil, delegado Luciano Inácio da Silva, o policial irá responder um inquérito que investigará a responsabilidade dele sobre a arma. "A ação irá investigar as circunstâncias do caso e se houve negligência”. O delegado disse ainda, que a arma é um objeto que atrai a curiosidade de jovens e crianças, e por isso deve ser mantido com toda a segurança. O adolescente M.P.M será acompanhado pelo Conselho Tutelar e está em estado de choque. “Ele vai precisar de tratamento psicológico”, finalizou o delegado.

Em nota, a Polícia Judiciária Civil informou que o jovem confirmou que pegou a arma sem autorização do policial e que nunca se desentendeu com os 4 irmãos. O adolescente irá responder por ato infracional de homicídio. Segundo a nota, o policial civil foi indiciado por negligência, uma vez que a responsabilidade da arma é inteiramente sua. Cópia do procedimento foi encaminhada a Corregedoria da Polícia Civil para abertura de processo administrativo disciplinar.

Fonte: http://www.noticiascapital.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é importante para nosso aperfeiçoamento e avaliação das demandas necessárias dos Agentes de Segurança Socioeducativos, contamos com a educação, o bom senso a o união de todos na construção de um sistema melhor e verdadeiramente eficiente.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

LEI DO PORTE DE ARMA PARA AGENTE

Vamos participar desta campanha para que nossa categoria tenha o porte de arma estabelecido em lei, não perca tempo.

Clik na imagem para participar

Os Agentes precisam dê seu voto

Os Agentes precisam dê seu voto
Participe da Petição Pública, clik na imagem acima.