"Agentes de Segurança Socioeducativo ajudem ao SINDSISEMG a melhorar as condições do Sistema Socioeducativo, filiem-se, acessem e participem dessa conquista.

segunda-feira, dezembro 12, 2011

Adolescentes escondiam em casa produtos de roubo

Parte dos objetos roubados durante um assalto ocorrido no dia primeiro de dezembro, foi localizado em poder dos adolescentes R.S.B., 17 anos e da sua namorada, a estudante B.A.S.G., 16 anos, na noite de sábado, dia 03.

A partir de uma denúncia de que o menor era um dos envolvidos no assalto ocorrido no Jardim Tarraf I, na última quinta feira, a polícia deslocou uma unidade até a residência do menor, na rua Francisco Larosa Sobrinho, Vila Novaes, por volta das 19 horas.

Com o consentimento da mãe do adolescente, a diarista C.B., 54 anos, os policiais entraram na residência e, durante a revista, encontraram um pedra grande, semelhante a cocaína compactada, parte dos objetos levados durante o assalto, dois revolveres e a arma utilizada no delito. A mãe do menor confirmou que ele havia trazido os objetos da rua.

Questionada sobre uma bolsa contendo duas câmeras fotográficas, a adolescente, namorada do menor, afirmou serem suas, mas ao ligar os aparelhos, fotos da família vítima do assalto foram encontradas.

Os objetos apreendidos, duas máquinas fotográficas, 1 Ipad, dois monitores de vídeo e dois notebooks, foram encaminhados ao 5º D.P. para serem entregues aos donos. Os três revólveres encontrados na casa, dois calibre 38, um calibre 22 e 26 cartuchos íntegros, foram encaminhados ao Instituto de Criminalística. A pedra apreendida foi levada para confirmação da substância. O adolescente não foi localizado.

Tráfico

Em outra ocorrência, no Parque da Cidadania, em Rio Preto, um menor foi surpreendido por uma patrulha da Polícia Militar, enquanto comercializava entorpecentes. De acordo com informações da polícia, M.C.S., 15 anos, foi surpreendido na rua Américo Agrelli, por volta das 18 horas de sábado.

Durante a revista, foram encontrados três porções de cocaína e R$ 150. Após ser questionado, o menor confessou que haviam mais 37 porções de cocaína dentro de um cano de esgoto próximo. Ele disse que traficava há três meses e que revendia os entorpecentes a R$ 10. O menor se recusou a informar o nome do fornecedor da droga. Ele foi entregue à mãe.




Fonte: Colaborou Claudia Trefilo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é importante para nosso aperfeiçoamento e avaliação das demandas necessárias dos Agentes de Segurança Socioeducativos, contamos com a educação, o bom senso a o união de todos na construção de um sistema melhor e verdadeiramente eficiente.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

LEI DO PORTE DE ARMA PARA AGENTE

Vamos participar desta campanha para que nossa categoria tenha o porte de arma estabelecido em lei, não perca tempo.

Clik na imagem para participar

Os Agentes precisam dê seu voto

Os Agentes precisam dê seu voto
Participe da Petição Pública, clik na imagem acima.