"Agentes de Segurança Socioeducativo ajudem ao SINDSISEMG a melhorar as condições do Sistema Socioeducativo, filiem-se, acessem e participem dessa conquista.

sexta-feira, março 30, 2012

Mata grávida para não assumir o filho

Cobrador de ônibus é suspeito de assassinar a namorada de 15 anos por não concordar com a gravidez da adolescente.

LUCAS SIMÕES

A gravidez de uma adolescente de 15 anos pode ter motivado o assassinato da jovem, encontrada morta com sinais de asfixia e espancamento, na manhã de anteontem, em um matagal às margens da BR-116, na divisa de Miradouro e São Francisco do Glória, na Zona da Mata. A estudante Larissa Oliveira, grávida de 5 meses, estava desaparecida desde o último sábado, quando saiu com amigos. Familiares contaram que ela foi ameaçada pelo cobrador de ônibus Janeir Alves Laviola, de 18 anos, que se relacionava com a jovem há seis meses e não queria assumir o filho.


Segundo o sargento Sebastião Roberto Ranquini, da 75ª Cia. do 47º Batalhão de Polícia Militar, a estudante saiu de casa por volta das 21h, junto com outra adolescente, para encontrar alguns amigos na praça São Francisco de Assis, no centro da cidade. Por volta de 1h, ela encontrou o namorado e os dois tiveram uma discussão. "Alguns amigos disseram que o rapaz falou para ela morrer junto com o filho porque ele não queria a criança", disse o militar.


Em depoimento à polícia, uma amiga da adolescente, de 16 anos, confirmou que foi deixada em casa pelo suspeito em um Fiat Palio azul, por volta de 1h40, e que ele seguiu com a namorada para um local desconhecido. A partir daí, a jovem não foi mais vista. A polícia foi acionada pela família da estudante no fim da tarde de domingo. Segundo a PM, o namorado da garota foi ouvido pelos militares após o desaparecimento dela, mas foi liberado. À polícia, ele relatou que teria deixado a menor na porta da Escola Estadual Santo Agostinho, onde ela estudava, e que o pai da jovem iria apanhá-la no local às 2h.


Desconfiados da versão do cobrador, a PM averiguou o carro utilizado pelo jovem na noite anterior e encontrou manchas de sangue no banco traseiro e na porta do carona. Depois disso, o suspeito desapareceu.


O delegado Pedro Jahara informou que o cobrador confessou o assassinato para o proprietário do veículo que ele pegou emprestado no dia do crime. "Ele devolveu o carro no outro dia de manhã e disse para esse amigo que tinha matado a namorada. O amigo dele ainda nos contou que foi ameaçado para não chamar a polícia", informou. O delegado Jahara pediu à Justiça a prisão preventiva do suspeito, que permanece foragido.

Fonte: http://www.otempo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua participação é importante para nosso aperfeiçoamento e avaliação das demandas necessárias dos Agentes de Segurança Socioeducativos, contamos com a educação, o bom senso a o união de todos na construção de um sistema melhor e verdadeiramente eficiente.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

LEI DO PORTE DE ARMA PARA AGENTE

Vamos participar desta campanha para que nossa categoria tenha o porte de arma estabelecido em lei, não perca tempo.

Clik na imagem para participar

Os Agentes precisam dê seu voto

Os Agentes precisam dê seu voto
Participe da Petição Pública, clik na imagem acima.